Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES 2022

Paulo Câmara é cogitado ao Senado, afirma Veja; aliados negam e auxiliares criticam

Publicado em: 27/08/2021 19:30

 (Heudes Regis / Reprodução)
Heudes Regis / Reprodução
O nome do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), volta a ser foco das especulações para ocupar uma cadeira no Senado Federal. Segundo a revista Veja, o chefe do executivo pernambucano assinalou que sairá para o Senado. Nos bastidores do PSB, conforme sinalizou fonte à reportagem, a notícia ainda não circula. Para alguns socialistas, a novidade só chegou lá devido ao contato com o Diario. 

Procurado pela reportagem, o deputado estadual, Tadeu Alencar (PSB), sinalizou que a possibilidade é vista com bons olhos. Além disso, destacou que: “Para quem está fechando o governo com uma série de ações, e ações bem pensadas, acho que ele estaria apto a disputar qualquer cargo”. 

Outra fonte, em reserva, apontou que “em nenhum momento isso (de Paulo Câmara seguir para o senado) foi debatido dentro do partido”. E continua: “que ele tem merecimento, ele tem. Mas, acho que isso não deve ser o foco do nosso partido (PSB). Tem muita água para rolar e outros nomes para representar a Frente Popular”. 

Sobre isto, há socialistas que discordam. “Há sim a possibilidade do PSB ocupar algumas vagas, mas, não há lógica de querer todas as principais. Precisa haver uma ligação e uma distribuição justa de representações”, aponta. Em off, socialista pondera que “Acho que ele tem merecimento para disputar. Só não acho que deve querer isso agora. E os demais (aliados da Frente Popular), como ficam?”. A fonte indaga: “o PSB não pode pretender também ter todos os cargos na chapa, tem que ver como é que fica isso: qual a aliança possível desta circunstância? Na hora que você tem a cabeça de chapa e o senado, o que é que sobre para os aliados?”. 

Falando em aliados, os deputados Silvio Costa Filho (Republicanos) e André de Paula (PSD) seguem na linha de frente para representar a Frente Popular no Senado. O que, por sua vez, não deixaria espaço aberto para o governador Paulo Câmara (PSB) prosseguir. Recentemente, na chegada do ex-presidente Lula (PT) a Pernambuco, Silvio foi ao encontro do líder petista. Tudo isso para buscar fortalecer seu nome ao Senado pela Frente Popular, que o PT poderá voltar a integrar por uma Frente Ampla contra Bolsonaro. 

Posicionamento

Procurada pelo Diario, a secretaria de Imprensa do governo de Pernambuco assinalou que “Ele (Paulo) não vai comentar isso (de ser candidato ao senado pelo PSB)”. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco