Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

BOLSONARO

Flávio sobre saúde de Bolsonaro: 'Está tudo bem. Tudo sob controle'

Publicado em: 14/07/2021 18:12

 (Bolsonaro sofre uma obstrução intestinal e deve passar por cirurgia emergencial. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
)
Bolsonaro sofre uma obstrução intestinal e deve passar por cirurgia emergencial. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
O filho '01' do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e senador, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), afirmou que o estado de saúde do chefe do Executivo federal está “sob controle”.

De acordo com o ‘01’, ele conversou com o médico de Bolsonaro, mais cedo, que tranquilizou e pediu para a família ficar calma. “Ele passou o telefone para meu pai, ele ainda estava meio grogue, disse que ia ficar tudo bem”, disse o senador.

Flávio ainda contou que obteve a informação que ele ficaria por três dias em observação no Hospital Albert Einstein. “Mais uma vez, me tranquilizou e disse que ia ficar tudo bem”, disse.

Questionado se a obstrução de Bolsonaro poderia ser culpa do atentado que ele sofreu em 2018, Flávio diz que “aparentemente é isso”. 

“Foi preciso tirar um líquido do estômago e, por isso, provavelmente ele estava com tantos soluços”, afirmou. “A informação que eu tenho é que ele está bem."

Flávio também disse que não sabe se informará se Bolsonaro deixará o cargo por alguns dias.

“Ele estava com uma agenda muito intensa e todo mundo estava pedindo para ele parar. Queria que ele dormisse melhor. Acho que ele precisa mudar os hábitos alimentares e rotina”, contou.

Obstrução intestinal
Bolsonaro sofre uma obstrução intestinal e deve passar por cirurgia emergencial. Em nota, o Planalto disse que o diagnóstico foi feito pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo.
 
 "Após exames realizados no HFA, em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência", diz a nota do Ministério das Comunicações.

Em São Paulo, o chefe do Executivo federal fará exames complementares para definição da necessidade de uma cirurgia de emergência.

Pelo Twitter, Bolsonaro afirmou que a obstrução é consequência da tentativa de asssasinato sofrida por ele em 2018. 
 
De acordo com o chefe do Executivo federal, esse é apenas “mais um desafio”. Para o presidente, a obstrução é consequência da tentativa de assassinato que sofreu durante a campanha presidencial de 2018, em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

“Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL, braço esquerdo do PT, para impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil. Um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia”, escreveu o presidente. 

Soluço
Bolsonaro vem sofrendo com crises de soluço há vários dias. Em uma das conversas com apoiadores, na semana passada, ele chegou até a comentar que falaria pouco.

Conforme o presidente, devido ao soluço, ele tinha que poupar o fôlego para um discurso que teria que fazer mais tarde naquele dia.

Bolsonaro também chegou a comentar com auxiliares que o soluço seria efeito colateral de medicamento que tomou em decorrência de tratamento dentário.

Agenda
A agenda do presidente nesta quarta-feira (14)  foi cancelada. Ele participaria de uma reunião dos Três Poderes, na manhã de hoje, na sede do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Foi cancelada a reunião entre os presidentes dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que aconteceria nesta quarta-feira. O encontro será oportunamente reagendado", diz comunicado do STF divulgado na manhã de hoje.

A reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, que seria  às 8h, também foi cancelada. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Homem com granada mobiliza polícia de Kiev
Manhã na Clube: entrevistas com Eduardo Leite (PSDB),  Sérgio Montenegro e Joaquim Francisco
Bolsonaro investigado: Não aceitarei intimidação
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco