Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PRIMEIRA DAMA

'Estou comprometida com um projeto contra Bolsonaro', diz Tabata Amaral em sessão de autógrafos no Recife

Publicado em: 28/07/2021 20:39 | Atualizado em: 28/07/2021 21:42

 (Foto: Romulo Chico/ Esp DP fotos)
Foto: Romulo Chico/ Esp DP fotos
Autora do livro "Nosso Lugar", a deputada federal por São Paulo Tabata Amaral (sem partido) recebeu, nesta quarta-feira, amigos e leitores de sua obra em uma sessão de autógrafos realizada na Livraria Jaqueira, no Recife Antigo. Em entrevista ao Diario, a parlamentar, além de falar sobre a publicação, também revelou suas perspectivas políticas para 2022 e demarcou seu posicionamento frente as recentes polêmicas envolvendo o governo federal. "Eu estou muito comprometida com um projeto contra o Bolsonaro", assinalou.

Afirmando ser "muito firme na defesa daquilo que acredita", a deputada federal Tabata Amaral é um dos nomes dentro do Congresso Nacional que tem buscado unir forças entre grupos políticos para evitar uma possível reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022. Apesar de ser contra o clima de polarização instaurado entre Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT) para as próximas eleições presidenciais, Tabata revelou que não se furtaria de votar no PT caso considere "um projeto viável". "Essa polarização em 2018 nos levou a um lugar muito ruim e eu não quero jogar "cara e coroa" de novo", disse. "Então, se esse projeto viável for com Ciro (Gomes), terá meu voto, se esse projeto for com o PT, também terá meu voto porque o compromisso é com a democracia", cravou. 

Com a disfiliação do PDT autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sem a perda do mandato, a deputada contou que tem dialogado com alguns partidos e apesar de não haver nenhuma decisão concluída, adiantou que pretende ingressar em alguma sigla onde possa enfrentar Jair Bolsonaro, estando nesse rol de escolhas o próprio Partido Socialista Brasileiro (PSB), do qual João Campos (PSB) - prefeito de Recife e namorado da parlamentar - faz parte. "Eu tenho conversado com vários partidos nesse momento e a primeira coisa que coloco para eles é: 'de que lado vocês estarão no próximo ano?', porque pra mim é inegociável estar em um projeto viável contra Bolsonaro e que, se possível, consiga unir da centro-esquerda à centro-direita".

Fundão

Integrante do grupo de deputados que recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o aumento do Fundo Eleitoral, a deputada Tabata disse que o período de pandemia exige atenção especial e que não há espaço para aumento de recursos de campanha. "A gente está vivendo um momento em que muitas pessoas estão enfrentando a fome, o desemprego, a inflação, não haveria espaço em outro momento quem dirá agora", asseverou a parlamentar. Na última segunda-feira, a ministra do STF Rosa Weber deu 10 dias para o Congresso se posicionar sobre o valor de R$ 5,7 bi aprovado para o Fundo Eleitoral. 

Voto impresso

Uma das bandeiras defendidas pelo governo Bolsonaro, o voto impresso ganhou novos capítulos após o jornal O Estado de São Paulo revelar que o ministro da Defesa, Braga Netto, enviou uma suposta ameaça ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), alertando que, caso a PEC do voto impresso não fosse aprovado na Casa, não haveria eleições em 2022. "Isso é pauta de quem acha que vai perder as eleições", ressaltou a deputada, que também frisou os riscos de de uma maior abertura para compras de voto. 
 
Livro

Lançado em 10 de julho de 2020, o livro "Nosso Lugar", que narra, em 1ª pessoa, a trajetória de Tabata Amaral até seu ingresso na carreira política, não teve lançamento público por causa da Covid-19. Após um ano, Recife foi a primeira cidade escolhida pela deputada para realização da sessão de autógrafos, onde leitores e amigos se fizeram presente. A escolha da capital pernambucana, de acordo com a parlamentar, se deu pela desenvoltura no processo de imunização, já que Recife vacinou, até agora, mais de 70% da sua população adulta, o que confere mais segurança à realização do evento. 

Direcionando elogios à gestão do prefeito João Campos, a deputada destacou que esse é um governo que busca priorizar vidas. "Me dá gosto ver o que está acontecendo em Recife, de ter um governo que prioriza a vida das pessoas, prioriza a vacinação, que coloca as pessoas à frente. Não há politicagem, não há corrupção", pontuou. 

Marcando presença na tarde de autógrafos, a vice-prefeita de Recife, Isabella de Roldão (PDT) se disse honrada com a escolha de Tabata Amaral. "É uma alegria e uma honra receber Tabata aqui. Acho que isso também representa uma força a esse movimento do feminino, das mulheres poderem produzir todas as formas de arte, de literatura e tudo isso muito nos enche de orgulho e alegria". 







Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco