Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PANDEMIA

CPMI das Fake News recebe pedido de cooperação da CPI da Covid-19

Publicado em: 20/07/2021 19:24

 (Requerimento foi aprovado antes do recesso, para auxílio que a equipe técnica da comissão mista auxilie a CPI. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Requerimento foi aprovado antes do recesso, para auxílio que a equipe técnica da comissão mista auxilie a CPI. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
A relatoria da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News (CPMI) informou que recebeu, nesta terça-feira (20), um ofício do relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 para cooperação da equipe técnica da CPMI com os trabalhos da CPI. O requerimento de pedido de auxílio foi aprovado pelos senadores antes do recesso, que dura 15 dias, com retorno previsto para 3 de agosto.

A CPI solicitou a cooperação e colaboração da equipe técnica da comissão mista, “franqueando o acesso aos autos da investigação e materiais sigilosos desta CPI aos técnicos indicados pela relatoria daquela CPMI”. A CPI também já havia solicitado, ainda em abril, compartilhamento de documentos da comissão mista.

A CPMI foi suspensa em abril do ano passado, em decorrência das medidas adotadas no Congresso durante a pandemia. Mas, durante este período, a comissão continuou recebendo documentos, dados e informações que serão incluídas no relatório final. Na época, o então presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), suspendeu as atividades e os prazos das comissões temporárias e mistas. Para retomar os trabalhos, é preciso de deliberação do presidente da Casa.

Desde o início dos trabalhos da CPI, no dia 27 de abril, os senadores falam sobre a importância de apurar desinformação no âmbito da pandemia, como disseminação de informações que incentivam o uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra Covid-19, criticam as vacinas e pregam outras visões negacionistas e refutadas pela comunidade científica, como a chamada “imunidade de rebanho natural”.

Entretanto, outras apurações foram se tornando mais urgentes, e a necessidade de não deixar de lado essa linha de investigação ficou mais forte na última semana antes do recesso. Como publicado pelo Correio no último domingo (18), a CPI irá dedicar um dos “braços” da comissão para apurar a disseminação de desinformação no âmbito da pandemia.

Os senadores de oposição e independentes que formam o grupo majoritário na comissão se dividiram no fim de semana, para apurar diferentes frentes, sem deixar assuntos para trás, Um dos grupos temáticos estabelecidos é o das fake news, e será apurado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Humberto Costa (PT-PE) e Rogério Carvalho (PT-SE).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro investigado: Não aceitarei intimidação
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Manhã na Clube: entrevistas com Chico Kiko, Diego Pascaretta e Rômulo Saraiva
Domitila, artivista e recifense que está entre as selecionadas do Miss Alemanha 2021
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco