Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

MANIFESTAÇÃO

Bolsonaro: 'Se eu pedir, vai ter 1 milhão de pessoas na Av. Paulista'

Publicado em: 29/07/2021 22:08

 (Presidente, no entanto, disse que não comparecerá a manifestações agendadas para este fim de semana na capital paulista. Foto: Evaristo Sá/AFP)
Presidente, no entanto, disse que não comparecerá a manifestações agendadas para este fim de semana na capital paulista. Foto: Evaristo Sá/AFP
Durante a live semanal nesta quinta-feira (29) em que pediu a inclusão do voto impresso - mesmo não provando fraudes nas urnas eletrônicas brasileiras -, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que, se pedir ao povo, consegue levar 1 milhão de pessoas à Avenida Paulista, em São Paulo. O chefe do Executivo, no entanto, disse que não participará de movimentos agendados para este fim de semana na capital paulista.

Bolsonaro afirmou que a "contagem pública de votos" é a "alma da democracia" e que quem for contra está cometendo um ato antidemocrático. Foi então que o presidente disse que, se chamar pessoas para as ruas, que, pelo menos, 1 milhão comparecerá à Avenida Paulista.

"O nosso povo quer uma coisa: eleições democráticas, voto democrático e contagem pública do voto. É pedir muito? Isso é a alma da democracia. Quem for contra isso não é democrático, está a serviço de outras coisas. Está se protegendo de alguma coisa. Só não está exercendo democracia", iniciou o raciocínio.

"É isso que nós queremos para o nosso Brasil. Tenho certeza que se eu pedir ao povo no dia tal, comparecer à Paulista, em São Paulo - que é o município mais denso do Brasil -, vai comparecer mais de 1 milhão de pessoas lá", complementou.
 
Custo do voto impresso 
Bolsonaro também disse que o Brasil dispõe de recursos para implementar o voto impresso nas próximas eleições. Afirmou ainda que a garantia foi dada a ele pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O presidente, no entanto, não disse o valor exato do custo do projeto.

"Se a demonstração popular não sensibilizar as autoridades do Brasil, o que podemos esperar? Que o povo se revolte? Queremos isso? Não tem problema de recurso, o Paulo Guedes disse que tem recurso. Não são R$ 2 bilhões, são bem menos do que isso", disse.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o cardiologista Marco Antônio Alves
Consumo de carne de cachorro sob reavaliação na Coreia do Sul
Manhã na clube: entrevistas com Mendonça Filho (DEM), Vitor Moura e Jailson Silva
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Grupo Diario de Pernambuco