Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

"Estaremos de volta em breve": Bolsonaro agradece orações de apoiadores e poderá passar por nova cirurgia em SP

Publicado em: 14/07/2021 17:17 | Atualizado em: 14/07/2021 17:58

 (crédito: Evaristo Sá/AFP)
crédito: Evaristo Sá/AFP
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em publicação nas redes sociais na tarde desta quarta-feira, agradeceu orações de apoiadores após ser internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília,  para tratar dores abdominais. De acordo com nota divulgada pela Secretaria Especial de Comunicação Social, o chefe do executivo foi diagnosticado com um quadro de obstrução intestinal e será transferido para São Paulo, onde poderá passar por cirurgia de emergência. 

"Agradeço a todos pelo apoio e pelas orações", esreveu o presidente em publicação no Twitter. "É isso que nos motiva a seguir em frente e enfrentar tudo que for preciso para tirar o país de vez das garras da corrupção, da inversão de valores, do crime organizado, e para garantir e proteger a liberdade do nosso povo", complementou o chefe do Executivo, cujo governo vem sendo investigado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 por suspeita de irregularidades no enfrentamento à pandemia, a exemplo de esquema de propina na obtenção de imunizanres contra o novo coronavírus. 

Em outra publicação, Bolsonaro atrela o estado de saúde atual ao episódio ocorrido em 2018, em que foi atingido por uma facada. "Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL, braço esquerdo do PT [...] um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia", disse o chefe do Executivo que também destacou uma nova oportunidade dada por "Deus" para colocar o "Brasil no caminho da prosperidade".

"E mesmo com todas as adversidades, inclusive uma pandemia que levou muito de nossos irmãos no Brasil e no mundo, continuamos seguindo por este caminho".

Em outro trecho das publicações, o presidente aproveitou para pedir assistência a seus apoiadores. "Peço a cada um que está lendo essa mensagem que jamais desista das nossas cores, dos nossos valores! Temos riquezas e um povo maravilhoso que nenhum país no mundo tem", suplicou. "Com honestidade, com honra e com Deus no coração é possível mudar a realidade do nosso Brasil. Assim seguirei". 
 
Minutos após as publicações, Jair Bolsonaro publicou uma foto, com a legenda "Estaremos de volta em breve, se Deus quiser. O Brasil é nosso". Na imagem, o presidente aparece deitado em uma cama num quarto de hospital. 
 
Quadro clínico

Após queixas de dores abdominais na madrugada desta quarta-feira, Jair Bolsonaro - que também vinha enfrentando um quadro persistente de soluços - foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo - que acompanha Bolsonaro desde o episódio da facada, em 2018 - foi acionado e detectou a obstrução intestinal no presidente. De acordo com informações do G1, o médico deverá continuar acompanhando o caso em São Paulo, onde Bolsonaro fará exames e, provavelmente, passará por uma sétima cirurgia. Desde o ataque sofrido, há três anos, Bolsonaro já passou por seis procedimentos cirúrgicos. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
EUA planejam abrir fronteiras para vacinados
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Doriel Barros (PT), Fernando Murta e Elmo Santos
Homem com granada mobiliza polícia de Kiev
Manhã na Clube: entrevistas com Eduardo Leite (PSDB),  Sérgio Montenegro e Joaquim Francisco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco