Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CRÍTICA

Aziz sobre Carlos Bolsonaro: 'Reprimido, quer extravasar mas não pode'

Publicado em: 15/07/2021 22:40 | Atualizado em: 15/07/2021 22:44

 (Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Agência Senado)
Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Agência Senado
O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) criticou o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos). Nesta quinta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) atacou os integrantes da comissão pelas redes sociais e Aziz atribuiu os tuítes ao filho '02'.

“É uma pena que o filho dele, que está do lado tirando fotos, para tentar vitimizar o pai como se nós tivéssemos responsabilidade pelo que está acontecendo. Nós não temos responsabilidade. Torcemos pela saúde do presidente Bolsonaro, porque eu quero debater politicamente com o presidente em plena forma física e não com uma pessoa que está convalescendo”, afirmou Aziz em entrevista à "CNN".

O senador ainda afirmou que o responsável pelos tuítes não é o presidente. “Sei que ele está sofrendo muito porque teve soluços por dias. Eu não creio que foi ele que tuitou isso. Creio que ele nem tenha condições nesse momento de estar fazendo isso”, disse.
  
Apesar de não ter citado nomes, Aziz se refere a Carlos Bolsonaro, porque ele está ao lado do presidente acompanhando a internação do pai no hospital.  “É algum moleque que não tem o que fazer, é uma pessoa reprimida por natureza e quer extravasar aquilo que sente que é e não pode porque tem que manter uma personalidade para agradar o pai e uma pseudo-sociedade que não apoia este tipo de comportamento”, criticou.

A fala do presidente da CPI da Covid no Senado se refere a tuítes publicados na conta do presidente mais cedo, que atacam integrantes do colegiado como o próprio Omar Aziz, o relator Renan Calheiros (MDB-AL), e o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). 

Mais cedo, Aziz chegou a responder nas redes sociais às falas de Bolsonaro chamando ele e os colegas de “três patetas”. 

Bolsonaro está internado desde quarta-feira (14) em um hospital de São Paulo. Ele sofre de obstrução intestinal e deve passar por cirurgia. O mais recente boletim médico sobre o estado de saúde do presidente informa que ainda não há previsão de alta hospitalar, apesar de apresentar melhoras. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com o prefeito João Campos (PSB) e o governador Paulo Câmara (PSB)
De origem humilde, potiguar Ítalo Ferreira é o primeiro ouro do Brasil em Tóquio
Manhã na Clube: entrevistas com Ubiracé Elihimas e Frederico Belfort
Manhã na Clube: entrevista com o médico geriatra Marcelo Cabral
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco