Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

MUDANÇA

Bolsonaro sobre troca na PF realizada por Torres como ministro: "É natural as mudanças"

Publicado em: 06/04/2021 14:56

Segundo assessores palacianos, ministro da Justiça empossado nesta terça-feira (6/4) recebeu autorização do presidente para trocar o atual chefe da Polícia Federal, Rolando Alexandre, que assumiu o cargo em maio do ano passado
 (Foto: Evaristo Sá/ AFP)
Segundo assessores palacianos, ministro da Justiça empossado nesta terça-feira (6/4) recebeu autorização do presidente para trocar o atual chefe da Polícia Federal, Rolando Alexandre, que assumiu o cargo em maio do ano passado (Foto: Evaristo Sá/ AFP)
Durante a posse do novo ministro da Justiça, Anderson Torres, nesta terça-feira (6/4), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que mudanças que vierem a ser realizadas pelo chefe da pasta são naturais. Segundo assessores palacianos, o ministro recebeu autorização do mandatário para trocar o atual chefe da Polícia Federal, Rolando Alexandre, que assumiu o cargo em maio do ano passado após a saída de Sergio Moro do ministério.
 
Bolsonaro aproveitou para agradecer Torres por ter aceito o convite. "Ninguém esperava essa pandemia. E eu quero agradecer o Anderson, já conheço há algum tempo do parlamento brasileiro, pelos corredores, ao nosso lado, defendendo as bandeiras da segurança naquele momento", apontou. O novo ministro da Justiça era secretário de Segurança do DF antes de assumir a pasta do governo Bolsonaro.

O presidente emendou que o cargo é um desafio por se tratar de uma pasta com muitas responsabilidades. "Eu quero te agradecer, Anderson, por ter aceitado o convite, que realmente é um desafio. Não é fácil e não é um ministério complicado, mas é um ministério que tem muita responsabilidade. Abaixo de você ali, diretamente subordinado entre outras, né, a sua própria Polícia Federal. E também, ao nosso lado, a nossa irmã Polícia Rodoviária Federal, que até o momento está com (Eduardo) Aggio e ele a conduz com muita galhardia".

O presidente completou ainda sem mencionar diretamente as trocas que tem ciência de que as mudanças ocorrem para melhor adequar o ministério. "E é natural as mudanças. E a gente sabe que você, todas as mudanças que efetuará no seu ministério, é para melhor adequá-lo ao objetivo ao qual você traçou. Você quer o Ministério da Justiça, o mais focado possível para o bem de todos em nosso país. Assim sendo,  prezado Anderson, obrigado por ter aceitado o convite mais uma vez, e Deus o proteja juntamente com a sua família", concluiu.

A portas fechadas, o presidente empossou outros seis ministros. Desde a posse de Marcelo Queiroga no Ministério da Saúde, o governo tem adotado um novo modelo de eventos, diferentemente daqueles que costumavam contar com alto número de convidados, gerando aglomeração.

TAGS: ministro | torres | pf | troca | bolsonaro |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco