Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

FUTURO

Bivar não crê no retorno de Bolsonaro ao PSL

Publicado em: 20/04/2021 14:11

 (Foto: Luis Macedo / Acervo Câmara dos Deputados)
Foto: Luis Macedo / Acervo Câmara dos Deputados
O presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar, afirmou que não acredita no retorno do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à sigla. Apesar dos rumores de uma possível volta de Bolsonaro ao partido, Bivar revelou que o PSL estuda lançar outro nome como candidato à presidência em 2022. A ideia, segundo o deputado federal, é uma escolha que respeite as instituições e siga uma agenda liberal em acordo com o PSL.

“Nós não somos intratáveis, tá certo? Mas o presidente tem a sua linha. E eu não acredito que o presidente saia da sua linha. Eu não acredito. Uma coisa é certa: o PSL, a exemplo do que aconteceu em 2018, não será coadjuvante", garante. "O PSL vai ter sua opinião própria em relação ao nosso país. Tem muitas coisas em 2018 que efetivamente não foram atendidas. E nós esperamos que em 2022 o PSL tome um partido de uma candidatura que venha a atender aquilo que não atendeu em 2018. As coisas que ficaram mais para trás. Esse é o sentimento que paira no partido”, destacou Luciano Bivar.

O deputado federal ressaltou o PSL é maior do que um único nome. "A gente luta pelo ideal, não pela fulanização. Certo? O partido é impessoal, formado por ideias, por objetivos dentro do que a sua totalidade entende o que seja melhor para o país. Isso é o nosso norte. O PSL acha-se, pela condição em que está hoje, de não ser coadjuvante em 2022. Isso não vai ser”, disse.

O PSL também avalia a possibilidade de lançar um candidato a vice, mas as discussões começarão apenas no fim do abril. "Pode ter uma candidatura própria. É uma discussão que nós vamos fazer muito em breve. Uma discussão preliminar vamos ter na quarta-feira (28) e vamos ter uma maior com todos os que ingressaram no partido. Com o governador do Tocantins. Como os novos diretórios que foram formados, o do Amapá, também no Maranhão, pelos novos diretórios que estão sendo formados. Então, vamos ter uma discussão ampla, com todas essas pessoas, para saber o que nós vamos fazer efetivamente", finalizou Bivar.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco