Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

POLÍTICA AMBIENTAL

Pelo clima: Governadores do Nordeste e representantes internacionais se reúnem nesta quinta (25)

Publicado em: 24/02/2021 18:50 | Atualizado em: 24/02/2021 19:07

 (Divulgação)
Divulgação
Representantes de nove estados do Nordeste se reúnem nesta quinta-feira (25). Os chefes de estado vão tratar de um plano de ações para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono no Semiárido brasileiro que conecta Energias Renováveis, Regeneração do Rio São Francisco, Oportunidades de Produção do Hidrogênio Verde, Capacitação e Geração de Empregos. O encontro é aberto ao público e será transmitido ao vivo, através do Youtube do Centro Brasil no Clima - CBC.

Participam também representantes dos governos da Alemanha, União Europeia e especialistas do setor elétrico. Contará também com a presença do Governador do Espírito Santo, Renato Casa Grande, além de  onze secretários estaduais de Meio Ambiente. 

O encontro faz parte da agenda do Programa Governadores Pelo Clima e terá representantes da Alemanha, União Europeia e especialistas do setor elétrico. Contará também com a presença do Governador do Espírito Santo, Renato Casa Grande, além dos onze secretários estaduais de Meio Ambiente. 

"A necessidade de controlar o aumento da temperatura global vem criando uma profunda transformação no sistema energético global, visando a redução das emissões dos gases de efeito estufa. As energias renováveis possuem papel fundamental nesta transformação mas ainda assim em alguns setores, como transporte, indústria e usos essa descarbonização pode ser difícil apenas por meio da eletrificação 'renovável'", destaca Sérgio Xavier. 

O Evento é promovido pelo Centro Brasil no Clima (CBC) e Instituto Clima e Sociedade (iCS) e será coordenado pelo ex-secretário de meio ambiente de Pernambuco e articular do CBC, Sérgio Xavier.

Papel do hidrogênio na economia
Neste contexto, o hidrogênio verde, produzido a partir de renováveis, vem sendo visto como o “elemento-chave" para esta transformação, já que possui transversalidade e permite que grandes quantidades de energia renovável sejam canalizadas do setor elétrico para os setores de uso final. Como a participação de renováveis na matriz elétrica brasileira é superior a 75%, o país está em situação privilegiada como produtor, consumidor e exportador de hidrogênio verde e seus derivados. Em particular, a região Nordeste é a lider na produção de renováveis, com potencial de expansão dessas fontes, localizadas no semiárido brasileiro e possui localização e infraestrutura portuária privilegiada, que facilita a exportação deste energético. Adicionalmente, especialistas apontam que a produção do Hidrogênio Verde é o caminho promissor para o desenvolvimento social e sustentável no país.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco