Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Impeachment, vacina para todos e auxílio emergencial foram reivindicações de carreata no Recife

Publicado em: 21/02/2021 18:09 | Atualizado em: 21/02/2021 19:05

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Várias cidades brasileiras realizaram, neste domingo, carreatas reivindicando o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. No Recife, o ato teve início a partir das 8h30, no Parque da Macaxeira, Zona Norte da cidade. Com o aumento no número de mortes pela Covid-19, que também tem agravado a vulnerabilidade social dos/as brasileiros/as, a carreata "Fora Bolsonaro" também pediu agilidade nas vacinações e a volta do auxílio emergencial.

Participaram do protesto movimentos sociais e populares, centrais sindicais e partidos de esquerda. Presente na ocasião, o vereador Ivan Moraes (Psol), em entrevista à CUT-PE, organizadora da carreata, falou da importância do ato e da necessidade das pessoas se posicionarem perante o cenário político atual. "Nós estamos numa fase da nossa história que não dá mais para escolher protesto, qualquer movimentação que houver contra Bolsonaro, do jeito que for, precisa ser feita e precisa ter muita gente", assinalou. 

"Enquanto Bolsonaro e a sua corja estiverem comandando as ações no Poder Executivo do país vai ser muito difícil a gente enfrentar o coronavírus, retomar um caminho de democracia e dos Direitos Humanos.", completou. 

Para o diretor da CUT-PE, Paulo Ubiratan, a dinâmica adotada pelo governo federal no combate à epidemia tem trazidos resultados negativos para o país. "No Brasil, morrem mais de mil pessoas por dia (vítimas da Covid-19) e o governo (federal), de forma omissa, não tem uma politica nacional de imunização, não tem articulação com governadores e prefeitos, resultando em morte, genocídio", avaliou.

Passando por bairros como Casa Amarela, Jaqueira, Torre, Madalena, Afogados, Imbiribeira, Ipsep e Boa Viagem, a carreata encerrou suas atividades no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. De acordo com informações da organização, o formato escolhido para a realização do protesto visou respeitar os procedimentos de segurança sanitária inibindo as chances de contaminação da Covid-19.  





 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/03
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco