Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Posicionamento

Marília Arraes critica julgamento do caso Mariana Ferrer

Publicado em: 03/11/2020 17:14

 (Foto: PH Reinaux/Divulgação)
Foto: PH Reinaux/Divulgação
A candidata a prefeita do Recife Marília Arraes (PT) se pronunciou nas redes sociais tarde desta terça-feira (3) sobre o julgamento do caso Mariana Ferrer. O nome da modelo de voltou a ocupar os assuntos mais comentados do Brasil após uma reportagem do site The Intercept revelar detalhes do julgamento que inocentou o empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a jovem catarinense em 2018. Em setembro, o juiz do caso considerou Aranha inocente, atendendo à argumentação do Ministério Público, que definiu o crime como "estupro culposo". 

Marília, que é advogada de formação, condenou a decisão judicial do caso no Twitter. "O desfecho do caso Mariana Ferrer é uma grande ameaça à segurança de todas as mulheres. Inadmissível que algum membro do judiciário brasileiro mencione que existe “estupro culposo”. Já estamos nos movimentando na bancada feminina da Câmara Federal", comentou a candidata, usando a hashtag #JustiçaPorMariFerrer.

"Se esse precedente sobre o caso Mariana Ferrer se consolidar, praticamente vai extinguir as condenações por estupro no país. Uma mulher dopada é estuprada, mas a justiça considera que foi um estupro não intencional. Como é isso?! Essa agressão é a todas nós!", acrescentou Marília, que se eleita, pretende criar parcerias com empresas municipais como Emprel e Porto Digital para utilizar a tecnologia no combate à violência contra a mulher.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/12
Moderna espera entregar sua vacina antes do Natal
OMS alerta para situação do Brasil e México na pandemia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco