Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Propostas

"Vamos priorizar a atenção básica na saúde", afirma Mendonça Filho

Publicado em: 14/10/2020 19:17

Mendonça criticou o combate à covid-19 realizado pelas gestões municipal e estadual. Foto: Guga Matos/Divulgação (Foto: Guga Matos/Divulgação)
Mendonça criticou o combate à covid-19 realizado pelas gestões municipal e estadual. Foto: Guga Matos/Divulgação (Foto: Guga Matos/Divulgação)
O candidato a prefeito do Recife, Mendonça Filho (DEM), foi o entrevistado desta quarta-feira (14) nas redes sociais do Diário de Pernambuco. Em conversa com o jornalista Rhaldney Santos, o político falou sobre as propostas da sua gestão para a capital pernambucana, caso seja eleito. 
 
Sobre a pandemia do novo coronavírus, Mendonça criticou o combate à covid-19 realizado pelas gestões municipal e estadual. "Tivemos aqui uma inversão de prioridades. Na gestão do PSB se priorizou a alta e média complexidade, com hospitais de campanha e UTIs. Faltaram equipamentos e chegaram ao absurdo de comprar respiradores testados apenas em porcos. Houve um desrespeito ao cidadão recifense. Vamos priorizar a atenção básica e investir forte na rede de saúde que está na ponta, Upinhas, postos de saúde, entre outros".
 
O candidato também falou do impacto econômico causado pela pandemia e elogiou o auxílio emergencial. "As pessoas sofreram com os aspectos econômicos e essa parte da populacao só teve ajuda do governo federal. O auxílio emergencial salvou da fome milhares de pernambucanos", afirmou.  
  
Sobre o tema habitação, Mendonça se comprometeu a agir para que as famílias que moram em palafitas tenham direito à casa própria. "Nosso compromisso passa por um Recife sem palafitas. É dever da prefeitura atuar nesse sentido". Outra proposta do político, anunciada mais cedo hoje, é a de congelar os reajustes anuais e correções do IPTU e da chamada Taxa de Lixo, a partir do dia primeiro de janeiro de 2021. 

"Vai ser meu primeito ato como prefeito e vai significar um ganho real para todos os contribuintes da cidade. Isso indica uma perda de arrecadação em favor do contribuinte, que vai deixar de pagar imposto. Temos espaço para otimizar investimentos em áreas que não são estrategicamente relevantes", explica. 
 
Outra crítica de Mendonça foi ao turismo na capital pernambucana. "O turismo no Recife é um retrato do descaso. Temos um potencial magnífico, uma cidade linda e uma historia belíssima. Temos que tornar a cidade atrativa novamente, uma cidade que seja amiga do turista. O Recife vive das glórias do passado, abandonada, no fundo do poço", finalizou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Rhaldney Santos entrevista Dr. João Gabriel Ribeiro, neurocirurgião
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco