Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Eleição

"Uma das minhas propostas é reduzir a carga tributária", disse Charbel, candidato do Partido Novo

Publicado em: 02/10/2020 19:48 | Atualizado em: 02/10/2020 20:12

 (Foto: Fernanda Santuzzi/Divulgação)
Foto: Fernanda Santuzzi/Divulgação
Nesta sexta-feira (02), às 18h, encerrando a primeira semana das sabatinas com os candidatos à Prefeitura do Recife, realizadas pelo jornalista Rhaldney Santos, nas redes sociais do Diário de Pernambuco, o entrevistado foi  Charbel Elias (Novo), que além de candidato, é procurador do município de Recife desde 2011. Na ocasião, o mesmo conversou sobre suas propostas, caso eleito. 
 
O candidato destacou que é sevidor concursado, compartilhando sua experiência dentro da prefeitura, afirmando que trabalha e continuará trabalhando mesmo depois de se tornar prefeito, caso eleito, e com este fato, Charbel afirma que terá que fazer tudo certo e correto, pois mesmo que acabe seu mandato, ele continuará no local.
 
Sobre a arrecadação do Recife, Charbel explicou o seu pensamento e planos para ter dinheiro para administrar a cidade.  "Uma das minhas propostas é reduzir a carga tributária. Vou fazer isso. Recife terá a menor carga tributária entre as capitais do Brasil", afirmou. Ao ser questionado pelo jornalista Rhaldney, como ele fará tudo isso, o candidato do Partido Novo afirma que não é preciso de tanto recursos, com isso, ele otimizará os custos e reduzirá a quantidade de servidores. "Nós somos 40 mil servidores, entre concursados, tercerizados, comissionados. Não precisamos disso tudo", afirmou defendendo que se houver a redução de pelo menos 20% servidores, há uma economia de aproximadamente R$ 400 milhões por ano. Charbel finalizou sua proposta para a arrecadação, afirmando que usará mais a iniciativa privada para prestar o serviço público, consequentemente, terá bons resutados na economia. 
 
O candidato comentou, que na última quinta-feira (01), conversou com Pierre Lucena, presidente do Porto Digital, e na conversa, o candidato conta que recebeu um desafio. O presidente do Porto Digital questionou o motivo da prefeitura não pagar mensalidade para alunos em cursos de programação nas universidades particulares. Logo em seguida, Charbel afirmou que fará isto. Ressaltando que incentivará os alunos a conquistarem espaços no mercado.
 
Sobre as calçadas da cidade, Charbel afirmou que é um ponto de extrema importância para a mobilidade e diz que o ideal é torná-las adeptas para atender a todas as pessoas. "Ela não pode ter degraus nem buracos. Não pode ser escorregadia quando chove. Ela tem que ser larga para passar uma cadeira de rodas, ela não pode ter uma árvore que um cadeirante não consegue passar... aí tem que ir para rua. O idoso tem que caminhar, a mãe com criança de colo, o carrinho de bebê... então, a calçada é muito importante."
 
Ao ser questionado sobre a segurança, Charbel conta que a guarda municipal será armada. "Já defendo isso há muito tempo. A guarda vai ser muito bem qualificada e requalificada, com os melhores e mais capacitados treinadores do Brasil", defende o candidato. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Rhaldney Santos entrevista Dr. João Gabriel Ribeiro, neurocirurgião
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco