Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

eleição

João Campos (PSB) promete entrega de títulos de posse para 50 mil moradores do Recife

Publicado em: 09/10/2020 22:00 | Atualizado em: 09/10/2020 22:58

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Nesta sexta-feira (9), em visita à comunidade Sítio do Cardoso, o candidato  pela coligação Frente Popular do Recife, João Campos (PSB), anunciou que sua gestão entregará 50 mil títulos de posse dentro do período de quatro anos, assegurando a isenção do IPTU para famílias de baixa renda que serão beneficiadas pela iniciativa.

De acordo com o candidato, boa parte das comunidades ou bairros do Recife são oriundas de ocupações, o que gera uma fragilidade jurídica a essas localidades, não permitindo que seus moradores tenham acesso a determinados serviços públicos e privados. Destacando uma falta de avanço por parte das gestões municipais, nos últimos oito anos, período em que o prefeito Geraldo Júlio (PSB) esteve à frente da prefeitura, apenas 3,5 mil títulos de posse foram entregues. Com o intuito de atender essa demanda, o deputado João Campos anunciou que, caso eleito "criará o maior programa de regularização fundiária da história".

"Vamos entregar 50 mil escrituras nos próximos quatro anos. E faremos isso priorizando as áreas com maior vulnerabilidade, assegurando a posse formal, legal da moradia a famílias", afirmou. O candidato também pontuou as dificuldades que impedem que esses moradores tenham acesso a benefícios. "Muitas vezes [os moradores] deixam de receber benefícios sociais, ou não conseguem acesso a crédito por não contarem com um endereço reconhecido pelo poder público. A Prefeitura do Recife precisa e vai colocar essa ação como prioridade", destacou João Campos, durante visita à comunidade Sítio do Cardoso, que possui mais de duas mil residências nessa condição.

Além da regularização fundiária, candidato da Frente Popular também destacou que a sua gestão garantirá a isenção de IPTU para famílias de baixa renda que receberão o título de posse. “Mais do que um simples documento, a regularização de tantas famílias é um compromisso nosso que vai proporcionar cidadania a inúmeros recifenses que precisam desse acesso”, destacou.

A viabilização do projeto se dará através de processo de cadastramento das famílias que se encontram nessa situação e um mutirão para garantir a execução do volume de registros, que, segundo João Campos, será superior do que habitualmente atendem hoje. O socialista também frizou que a viabilidade financeira do programa contará com um investimento de R$ 9 milhões. Oriundos dos cofres municipais, esses recursos serao garantidos pelo conjunto de iniciativas de austeridade fiscal que serão implementadas pelo candidato no primeiro semestre de 2021.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Candidatos têm características das mais distintas, mas estão longe de representar os grupos sociais
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco