Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Eleições 2020

PDT oficializa Isabella de Roldão como vice de João Campos. Túlio Gadêlha lança carta criticando PSB

Publicado em: 16/09/2020 18:05

Nova comissão da Executiva do PDT do Recife, realizou convenção nesta quarta-feira (16) (Divulgação)
Nova comissão da Executiva do PDT do Recife, realizou convenção nesta quarta-feira (16) (Divulgação)

O PDT Recife também foi uma das siglas a deixar a realização das convenções partidárias para o último dia. Realizado na manhã desta quarta-feira (16), a convenção municipal, puxada pela nova comissão da Executiva do PDT da Capital, oficializou a permanência do partido na Frente Popular, arco de alianças liderado pelo PSB em Pernambuco, e a indicação de Isabella de Roldão para a vaga de candidata a vice-prefeita na chapa de João Campos (PSB).

O deputado federal Wolney Queiroz, presidente estadual do PDT e que também assumiu o comando no partido no Recife nesta semana, iniciou a sua fala fazendo questão de ler a ata da reunião da executiva nacional do PDT que oficializou o seu posto dentro do partido e a definição de compor a chapa majoritária de João Campos, com a indicação de Isabella de Roldão para vice. "Esse dia é um dia importante. O PDT passa a compor a chapa de João Campos, a estrela nacional do PSB e a aposta do partido", disse Wolney.

Para seguir as regras internas do partido e sacramentar a decisão da convenção, Wolney citou os 18 pedetistas com poder de voto (para este caso) dentro do diretório. Dos 18 nomes citados, 11 estavam presentes. O deputado federal Túlio Gadêlha não participou presencialmente. Os 11 foram unânimes a indicação de Isabella e sacramentaram a decisão da executiva nacional do PDT.

Isabella de Roldão é ex-vereadora do Recife e também havia se colocado como pré-candidata a prefeita inicialmente. "O PDT tomou uma decisão de compor a Frente Popular. Então, eu acho que a gente, na política, assim como na vida, a gente tem que está pra se juntar aos que são iguais. A gente tem que fortalecer aquilo que nos é comum. Então a gente precisa estar nesse front aí, mas pensando que a gente é mais do que um nome", disse Isabella.

"Eu sou mais do que Isabella, sabe? Eu represento uma luta, uma resistência e uma buscar por espaço que é maior do que eu, então, eu estou pra somar. Então isso pra mim não se pesa, isso não me diminui. Ao contrário, isso me orgulha. Estou pra somar na campanha como vice-prefeita e não tem nenhum problema. O processo da vida é isso, a gente vai trilhando caminhos e muitas vezes a gente precisa recalcular as rotas. E a gente recalcula as rotas e a essência da gente, os nossos princípios continuam ali firmes e fortes. O importante é que a gente possa ter mais mulheres na política, mais mulheres nos espaços de poder e isso é um simbolismo muito grande, porque poderia ter entrado um homem na vice e na verdade o escolhido foi o nome de uma mulher. Então, isso por si só já é muito significativo", completou.

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT), que se lançou pré-candidato a prefeito do Recife, mas foi retirado da disputa e destituído do comando da comissão provisória no Recife pelo presidente nacional do partido, Carlos Lupi, divulgou carta aberta após o término da convenção e criticou a atual gestão do PSB no Recife. Ainda no texto, o pedetista afirmou que participaria do pleito apoiando os candidatos a vereador.

"Mesmo com a comissão provisória municipal destituída da noite para o dia e a homologação da nossa candidatura não sendo viabilizada internamente, não vamos virar as costas para os recifenses que anseiam por mudança. As nossas propostas para a cidade serão levadas por cada candidato a vereador do PDT no Recife. Serão defendidas por gente de coragem, persistência, determinação e que reconhece ser injusto o desmanche de candidaturas legítimas. Seguimos em frente. O Recife é e sempre será uma causa pela qual vale a pena continuar lutando", diz um trecho da carta assinada por Túlio.

Confira a carta na íntegra: 

 

Carta Aberta ao Recife


Somos do tamanho dos nossos sonhos e somos maiores quando sonhamos e construímos coletivamente. É assim que faço a minha vida política no PDT. Para mim, política é coragem, responsabilidade e ética com o bem comum.


Pensando assim, a nossa pré-candidatura à Prefeitura do Recife nasceu do desejo de pôr fim ao sofrimento das pessoas. Decisões equivocadas dos gestores levaram a nossa linda cidade a ter o título de capital da desigualdade, do desemprego e do pior trânsito. É notável a insatisfação da população com a gestão atual.


Acredito que a cidade precisa ser o espaço de diálogo e encontro. Para alcançar esse ideal, precisamos recuperar a confiança das pessoas. É necessário enfrentar as velhas práticas da política e os partidos precisam ser verdadeiramente a representação do povo. Esse é o meu propósito no espaço de poder que fui eleito e ocupo atualmente.


Vislumbrando esse objetivo, construímos um Plano de Governo com mais de 70 pessoas (especialistas, coletivos, movimentos, empresários) para cuidar do Recife e da nossa gente. Elaboramos uma plataforma de gestão inteligente, sustentável e que coloca a periferia no centro das decisões sobre o orçamento da cidade - adotando medidas para gerar emprego, colocar comida na mesa e dar segurança. No nosso programa, traçamos direcionamentos para implementar medidas de desenvolvimento com responsabilidade ambiental e reparação histórica. Além disso, que valoriza a nossa cultura, através das tradições populares, músicas, comidas, danças e outras expressões artísticas.


Mesmo com a comissão provisória municipal destituída da noite para o dia e a homologação da nossa candidatura não sendo viabilizada internamente, não vamos virar as costas para os recifenses que anseiam por mudança. As nossas propostas para a cidade serão levadas por cada candidato a vereador do PDT no Recife. Serão defendidas por gente de coragem, persistência, determinação e que reconhece ser injusto o desmanche de candidaturas legítimas. Seguimos em frente. O Recife é e sempre será uma causa pela qual vale a pena continuar lutando.


Túlio Gadêlha

Deputado Federal

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Coronel Feitosa (PSC)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #162 Anelídeos: segmentação corporal e parapódios
De 1 a 5: Dicas para a sua bicicleta ser seu transporte diário
Ministério da Saúde autoriza volta parcial da torcida na Série A
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco