Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Convenção socialista

Candidatura de João Campos é oficializada pela Frente Popular do Recife

Publicado em: 15/09/2020 14:46 | Atualizado em: 15/09/2020 18:19

 (A convenção reuniu dirigentes partidários e aliados do socialista. Foto: Reprodução Youtube)
A convenção reuniu dirigentes partidários e aliados do socialista. Foto: Reprodução Youtube
O deputado federal João Campos (PSB) é oficialmente candidato a prefeito do Recife. A convenção que homologou o nome dele à sucessão do prefeito Geraldo Julio (PSB) foi realizada, remotamente, na manhã desta terça-feira (15). Dirigentes dos partidos que compõem a Frente Popular do Recife, aliados e candidatos a vereador gravaram vídeos para reforçar a parceria com o socialista. João também contou com o apoio de lideranças nacionais, a exemplo do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que retirou a candidatura do própria da sigla (com Túlio Gadêlha) para seguir na aliança com o PSB. A vice de João Campos será a ex-secretária de Habitação do Recife Isabella de Roldão, indicada Lupi.
 
No encontro, João Campos fez um discurso pautado pela bandeira defendida pelo PSB em defesa dos que mais precisam de ações da gestão pública nas áreas de infraestrutura, educação, saúde e social. "Todos esses desafios são complexos. Mas tem uma forma simples de enfrentá-los e construir a solução disso. Precisamos de muita unidade e de capacidade para unir", destacou. O candidato lembrou, ainda, que nos últimos oito anos foram alcançados muitos avanços, "mas ainda tem muito o que fazer. Muito o que trabalhar pela nossa cidade. Será um desafio que iremos vencer dia após dia", garantiu.
 
O socialista  fez questão de repassar para o eleitor que já teve a oportunidade de contribuir com o estado como deputado federal. Ele destacou a aprovação do auxílio emergencial de R$ 600,00 , frente em defesa da renda básica e a relatoria da CPI do óleo, criada para investigar o vazamento de óleo no litoral brasileiro. "A nossa escola é de quem saber fazer com gosto, fazer pelos que mais precisam", disse, acrescentando a vontade de administrar a cidade onde nasceu.
 
João Campos garantiu que irá fazer uma campanha sem agressão aos adversários. "Essa onda de intolerância e ódio instalada no país poderá chegar ao Recife, "mas responderemos com ideias para nossa cidade. A crítica faz parte da democracia e é boa. Ela nos ajuda. Vamos juntos. O nosso desafio é a vontade de vencer para oferecer uma cidade mais justa", frisou. João Campos disse, ainda, está preparado para governar o Recife, num clara referência às críticas dos adversários de que ainda é muito jovem para disputar um cargo majoritário.
 
Entre os muitos depoimentos, o governador Paulo Câmara (PSB) destacou o perfil do aliado e sua maturidade política, enquanto o prefeito Geraldo Julio, além de ressaltar algumas das ações realizados no seu governo, disse que João está preparado para levar o projeto do PSB a frente no Recife.
 
Também gravaram depoimentos, os presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros (PP), e da Câmara do Recife, Eduardo Marques (PSB), os deputados federais do PSB, Danilo Cabral, Felipe Carreras e Tadeu Alencar, o senador Jarbas Vasconcelos (MDB), a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), o ex-ministro Cristovam Buarque (Cidadania), entre outras lideranças políticas. A convenção seguiu todos protocolos sanitários por conta da pandemia da Covid-19.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Verão inspira cuidados com a saúde e alimentação
Resumo da semana: enfim, a vacina, posse de Biden e cerco contra os fura-filas
Rede de voluntários faz diferença em Manaus
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão - Algas e fungos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco