Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

DISPUTA

Ao oficializar pré-candidatura, Marco Aurélio ataca Mendonça Filho

Publicado em: 10/08/2020 19:45

Marco Aurélio chamou Mendonça Filho de "frouxo" (Foto: Alepe)
Marco Aurélio chamou Mendonça Filho de "frouxo" (Foto: Alepe)
Nesta segunda-feira (10), o deputado estadual Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), foi à sede nacional do PRTB, em São Paulo, oficializar sua pré-candidatura a prefeito do Recife. Na ocasião, Marco Aurélio xingou o também pré-candidato Mendonça Filho (DEM), por ter encomendado uma pesquisa eleitoral onde, segundo o parlamentar, não constaria o nome do pré-candidato do PRTB.

“De todos os pré-candidatos do Recife, não conheço nenhum que gravou com o presidente nacional e o presidente estadual do partido. O nome é “pré” porque é o que a legislação diz. Mas quando for no dia 31 de agosto, no primeiro dia da convenção, aí já não serei mais pré, serei candidato. Mas eu não poderia, diante da minha indignação, minha decepção, minha tristeza, com o candidato Mendoncinha. Que coisa feia, Mendoncinha. Fazer uma pesquisa, sabendo que eu sou candidato, e não colocar meu nome. Isso é muito feio para você, Mendonça. Você é desagregador”, atacou Marco Aurélio.

“Você conseguiu, sentado na cadeira de governador de Pernambuco, perder para o cara do escândalo dos vampiros e o do escândalo dos precatórios. Você no Ministério da Saúde não conseguiu se eleger senador. E sabe por que você não foi senador? Porque você menosprezou o presidente Bolsonaro (sem partido), meu presidente Bolsonaro. Quando ele te procurou, Mendonça, quando ele ainda era deputado federal, você tirou onda com a cara dele. Aí você teve o troco em 2018 e não se elegeu senador. E vai ter o troco agora, porque Bolsonaro não vai lhe apoiar”, continuou Marco Aurélio. Ele se referiu às eleições para governador de 2010, onde Mendonça disputou com Humberto Costa (PT) e Eduardo Campos (PSB). Marco Aurélio também confundiu o cargo de Mendonça quando este foi ministro. Ele ocupou a pasta da Educação no governo Michel Temer (MDB).

Em seguida, Marco Aurélio endureceu mais o tom e chegou a chamar Medonça Filho de frouxo. “Você é elitista, Mendonça, por isso que você tirou meu nome da campanha. Eu queria muito que você fosse candidato para eu dar-lhe uma pisa nas urnas, mas você não é candidato, você sabe disso. Você fica aí com esse “migué” todinho, para lá na frente afrouxar, porque você é frouxo” afirmou. “Mendonça, muito triste com você, meu irmão. Mas não tem problema, não. Mais triste vai ficar tu, quando abrir as urnas, porque eu vou dar-lhe uma pisa nas runas. Isso, se você for candidato, que eu não acredito porque você é frouxo”, repetiu Marco Aurélio.

A fala foi acompanhada pelo presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, e pelo presidente estadual da legenda, Pastor Edinázio. Ambos também se colocaram como tristes com Mendonça por ter excluído o nome de Marco Aurélio na pesquisa eleitoral.
 

DEM responde

No início da noite desta segunda, os deputados estaduais do Democratas emitiu uma nota lamentando a postura de Marco Aurélio. O partido classificou as críticas do deputado estadual como “desnecessárias, desmedidas e extremadas”. As falas de Marco Aurélio foram definidas pelos representantes do DEM como “ataques gratuitos e desagregadores”. O texto é assinado pelos deputados Priscila Krause, Gustavo Gouveia e Antonio Coelho. Leia a nota na íntegra.

"Democratas consideram desnecessárias e extremadas críticas de Marco Aurélio contra Mendonça Filho

São desnecessárias, desmedidas e extremadas as críticas proferidas pelo colega deputado estadual Marco Aurélio (PRTB) contra o presidente do nosso partido e também pré-candidato a prefeito do Recife, Mendonça Filho. Com um postura equivocada, o deputado Marco Aurélio perdeu a medida nos ataques gratuitos e desagregadores realizados nesta segunda-feira (10) durante o lançamento da sua pré-candidatura à Prefeitura do Recife.

Mendonça Filho reúne todas as condições para contribuir com o Recife. Detém espírito público, habilidade política e capacidade de gestão para enfrentar os desafios que ora se apresentam no Recife. São credenciais que foram reunidas diante dos serviços já prestados ao Estado e ao Brasil quando exerceu os cargos de vice-governador e governador de Pernambuco e de ministro da Educação. 

Estamos certos de que a eleição de 2020 representa a oportunidade de um novo ciclo político para o Recife. É a chance de um novo tempo para a capital pernambucana. E Mendonça tem a coragem de apontar um novo caminho de desenvolvimento. No entanto, isso não será alcançado com ataques exaltados, mas com diálogo, em um trabalho conjunto com todos aqueles que fazem oposição a esse desgoverno do PSB.
 
Atenciosamente,
Bancada estadual do Democratas

Deputado Antonio Coelho
Deputado Gustavo Gouveia
Deputada Priscila Krause"
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista advogada Rafaella Simonetti do Valle
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro
Rhaldney Santos entrevista o empreendedor digital Harry Thorpe, criador da plataforma Miauu
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco