Diario de Pernambuco
Busca

CELEBRAÇÃO

Biden chega à França para as comemorações dos 80 anos do Dia D

Durante a visita, Biden também irá se reunir com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky

Publicado em: 05/06/2024 16:40

O presidente dos EUA, Joe Biden, é recebido pelo primeiro-ministro da França, Gabriel Attal, ao chegar na França (Foto: JULIEN DE ROSA / POOL / AFP
)
O presidente dos EUA, Joe Biden, é recebido pelo primeiro-ministro da França, Gabriel Attal, ao chegar na França (Foto: JULIEN DE ROSA / POOL / AFP )
O presidente norte-americano, Joe Biden, chegou hoje à França para participar das comemorações do 80º aniversário do Dia D, com o desembarque das tropas aliadas na Normandia durante a Segunda Guerra Mundial.
 
De acordo com um comunicado da Casa Branca, durante a visita, Biden também irá se reunir com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, além de ainda estar agendado um encontro entre os dois líderes na cúpula do G7 em Itália para discutir a guerra na Ucrânia.
 
"Terá um compromisso com ele para discutir a situação na Ucrânia e como podemos manter e aprofundar o nosso apoio àquele país, assim como discutir o uso de fundos russos congelados para ampliar o esforço militar ucraniano", acrescentou o assessor de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan.
 
Após criticas à Biden porque não vai comparecer a Cúpula  da Paz para a Ucrânia, que acontecerá na Suíça, Washinton anunciou que Sullivan e a vice-presidente Kamala Harris vão representar o presidente no evento.  "É uma notícia importante que a participação da vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, tenha sido confirmada na cúpula de paz nos dias 15 e 16 de junho na Suíça", saudou Andriy Yermak, chefe do gabinete de Zelensky.
 
Detido suspeito terrorista 
 
Enquanto isso, as autoridades policiais francesas comunicaram hoje que deteve um cidadão de 26 anos com dupla nacionalidade ucraniana e russa com explosivos, próximo a Paris. 
 
Na última segunda-feira, o suspeito sofreu sérias queimaduras após uma explosão em um quarto de hotel no norte da capital e foi socorrido pelos bombeiros. Depois de uma busca ao quarto foram achados produtos e materiais destinados a fabricação de explosivos. A polícia abriu uma investigação por suspeitas de participação numa conspiração terrorista.
 
Até agora, a embaixada da Ucrânia e da Rússia não se manifestaram sobre o caso. 
A França se encontra em alerta máximo de ameaça com a proximidade do início dos Jogos Olímpicos de Paris.
Tags: eua | biden | frança |