Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

NYT revela que armas contra civis em Rafah são fabricadas nos EUA

Ataque em Rafah, em Gaza, matou 45 pessoas, em sua maioria civis

Publicado em: 31/05/2024 15:27 | Atualizado em: 31/05/2024 15:36

Palestinos fogem com seus pertences enquanto a fumaça sobe ao fundo, na área de Tel al-Sultan, em Rafah, no sul da Faixa de Gaza (Foto: EYAD BABA / AFP
)
Palestinos fogem com seus pertences enquanto a fumaça sobe ao fundo, na área de Tel al-Sultan, em Rafah, no sul da Faixa de Gaza (Foto: EYAD BABA / AFP )
O jornal The New York Times revelou hoje um relatório de especialistas sobre o armamento usado por Israel no ataque em Rafah, em Gaza, que matou 45 pessoas, em sua maioria civis, no qual confirma que as bombas do ataque israelense, no domingo, ao campo de refugiados da cidade, foram fabricadas nos Estados Unidos.
 
“Os restos de munições filmadas no local do ataque no dia seguinte eram de uma GBU-39, uma bomba concebida e fabricada nos Estados Unidos”, denuncia o NYT.
 
Além disso, o canal CNN Internacional afirma que foram utilizadas munições fabricadas nos Estados Unidos no mortífero ataque israelense, acrescentando que há um vídeo sendo compartilhado nas redes sociais que mostra a cauda da tal bomba de pequeno diâmetro (SDB) GBU-39.
 
Na última quinta-feira, a empresa de telecomunicações palestina também comunicou que os serviços de comunicação, que incluem internet, rede fixa e rede móvel, foram cortados em Rafah, no sul Gaza, devido à agressão em curso. 
 
Desde o inicio do conflito na Faixa de Gaza já morreram cerca de 36.284 palestinos além de 82.057 feridos devido as ofensivas das Forças de Defesa de Israel (IDF).
 
Enquanto isso, o Egito, um dos países mediadores nas negociações de um cessar-fogo em Gaza, pediu hoje mais uma vez por mais ajuda internacional para parar a ofensiva israelense no território palestino. “Apelo a todos os intervenientes da comunidade internacional para que assumam as suas responsabilidades morais e jurídicas a fim de pôr termo à brutal guerra israelense e apelo à comunidade internacional para que trabalhe sem demora no sentido de garantir o acesso imediato e sustentável da ajuda humanitária na Faixa de Gaza”, disse Abdel Fattah Khalil as-Sisi, presidente egípcio.
Tags: rafah | eua | gaza | israel | guerra |