Diario de Pernambuco
Busca

ESTADOS UNIDOS

Senado dos EUA aprova ajuda à Ucrânia, Israel e Taiwan

Segundo o presidente dos EUA, Joe Biden, o envio de armas e equipamentos para a Ucrânia deve acontece ainda esta semana

Publicado em: 24/04/2024 11:04

Ajuda autoriza os Estados Unidos a confiscar e vender os bens russos congelados por sanções  (Foto: Unsplash)
Ajuda autoriza os Estados Unidos a confiscar e vender os bens russos congelados por sanções (Foto: Unsplash)
Após meses de bloqueio, o Senado norte-americano, de maioria democrata, aprovou um novo pacote de ajuda militar de 95 bilhões de dólares à Ucrânia, Israel e Taiwan. Foram 79 votos contra 18 na votação que aprovou o pacote global.

A ajuda também autoriza os Estados Unidos a confiscar e vender os bens russos congelados, devido às sanções, para que possam ser usados para financiar a reconstrução da Ucrânia. 

Segundo o presidente dos EUA, Joe Biden, o envio de armas e equipamentos para a Ucrânia deve acontece ainda esta semana. "Uma maioria bipartidária no Senado se juntou à Câmara para responder ao apelo da história neste ponto de inflexão crítico. Assinarei esta proposta de lei e falarei com o povo norte-americano quando ele chegar à minha mesa", anunciou Biden.

Há quase um ano e meio que o Congresso não aprovava um grande pacote de ajuda a Kiev, principalmente devido a disputas partidárias. Biden e o Partido Democrático consideram um investimento na segurança dos Estados Unidos em relação a Rússia.

Antes da aprovação foram semanas marcadas por discussões tensas entre republicanos e democratas e, mesmo dentro do Partido Republicano, onde uma ala radical aliada ao ex-presidente Donald Trump ameaçava destituir o líder republicano do Congresso, Mike Johnson, acusando-o de ser cúmplice da Casa Branca. Mas, Johnson decidiu apoiar a medida. “Prefiro enviar munições para a Ucrânia a enviar os nossos jovens para combater”, justificou.

Nesta quarta-feira, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, declarou estar grato ao Senado dos Estados Unidos por aprovar uma ajuda vital à Ucrânia. "As capacidades de longo alcance, a artilharia e a defesa aérea da Ucrânia são ferramentas essenciais para restaurar mais rapidamente uma paz justa", disse Zelensky.
 
O pacote inclui o envio de munições, incluindo de defesa aérea e munições de artilharia, que haviam sido pedidas por Kiev, além de veículos blindados e outros armamentos.
Desde o início da invasão russa, os EUA já enviaram mais de 44 bilhões de dólares em ajuda militar ao governo ucraniano.
Tags: taiwan | israel | ucrânia | eua |