Diario de Pernambuco
Busca

ESTADOS UNIDOS

Tripulação fez alerta sobre perda de controle de navio antes de colisão

De acordo com o governador de Maryland, Wes Moore, o acidente poderia ter sido bem pior caso não houvesse o alerta

Publicado em: 26/03/2024 15:14 | Atualizado em: 26/03/2024 15:31


A ponte Francis Scott Key depois de ser atingida por um navio de carga e desabar em 26 de março de 2024 em Baltimore, Maryland  (foto: ROB CARR / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY IMAGES VIA AFP)
A ponte Francis Scott Key depois de ser atingida por um navio de carga e desabar em 26 de março de 2024 em Baltimore, Maryland (foto: ROB CARR / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY IMAGES VIA AFP)

Antes do navio cargueiro colidir com a ponte Francis Scott Key, em Baltimore, no estado de Maryland, nos Estados Unidos, na manhã desta terça-feira (26), a tripulação da embarcação fez uma ligação de emergência para declarar que haviam perdido o controle do navio. De acordo com o governador de Maryland, Wes Moore, em coletiva de imprensa, a ligação salvou vidas. "Essas pessoas são heróis", disse, ao afirmar que o acidente poderia ser muito pior.

 

“Estamos gratos, entre o socorro e o colapso, tivemos funcionários que conseguiram começar a parar o fluxo de tráfego para que não houvesse mais carros na ponte”, disse Moore.

 

O acidente provocou o desabamento total da ponte. De acordo com o Corpo de Bombeiros do local, pelo menos 20 pessoas e alguns veículos caíram no rio Patapsco.

 

Ponte desaba após colisão de navio cargueiro nos EUA: autoridades buscam veículos em rio

Conforme o jornal americano Fox 10 Phoenix, Wes Moore afirmou que a colisão do navio foi devido à perda de energia na embarcação. 

 

 

 

Confira as informações no Correio Braziliense

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.