Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

Rússia ataca capital da Ucrânia e faz 10 feridos

Ofensiva com mísseis danificou edifícios residenciais, um jardim de infância, várias infraestruturas e veículos

Publicado em: 21/03/2024 12:10

Funcionários dos serviços municipais ucranianos examinam e reparam os danos após ataque com mísseis em Kiev (Foto: Sergei CHUZAVKOV / AFP
)
Funcionários dos serviços municipais ucranianos examinam e reparam os danos após ataque com mísseis em Kiev (Foto: Sergei CHUZAVKOV / AFP )
Nesta quinta-feira (21), após mais de um mês, as forças russas voltaram a atacar a capital da Ucrânia. A ofensiva com mísseis danificou edifícios residenciais, um jardim de infância, várias infraestruturas e veículos. Pelo menos 10 pessoas ficaram feridas, incluindo uma criança de 11 anos.

"Depois de uma pausa de 44 dias, o inimigo lançou outro ataque com mísseis contra Kiev", confirmou Serhiy Popko, chefe da administração militar da capital ucraniana.
 
Popko disse que as forças russas usaram bombardeiros estratégicos e que também lançaram mísseis a partir do seu território.
 
As autoridades da Ucrânia anunciaram que interceptaram cerca de 31 mísseis, que tinham como alvo Kiev. As sirenes tocaram na capital da Ucrânia durante quase três horas.
 
Também uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas apos um ataque com um míssil no sul da cidade ucraniana de Mykolaiv.
 
“Este terror continua todos os dias e todas as noites. É possível pôr termo através da unidade global. Quando nos ajudam com sistemas de defesa aérea. Os terroristas russos não têm mísseis capazes de contornar os Patriot e outros sistemas de ponta mundiais. Esta proteção é agora necessária na Ucrânia. De Kiev a Kharkiv, de Sumy a Kherson, e de Odessa à região de Donetsk. Isto é inteiramente possível se os nossos parceiros demonstrarem vontade política suficiente. Temos de provar que o terror é sempre o perdedor. Temos de provar à Rússia que ela será forçada a aceitar uma vida normal e livre na Ucrânia. Precisamos do apoio dos nossos parceiros. E estou grato a todas as pessoas do mundo que realmente ajudam”, relatou o presidente Volodymyr Zelensky, na rede-social X.
 
Por sua vez, o ministério da Defesa da Rússia declarou que suas tropas capturaram a vila de Tonenke, no leste da Ucrânia, aproximadamente a 8,5 quilômetros de Avdiivka.

Tags: guerra | rússia | ucrânia |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.