Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

Cresce a escalada de tensão entre Israel e Hezbollah

Exército israelense afirmou que seus caças atingiram defesas aéreas do grupo em resposta ao ataque de um míssil a um dos seus drones em território libanês

Publicado em: 26/02/2024 14:15

Hezbollah declarou que lançou 60 foguetes contra uma sede militar israelita (Foto: Mahmoud ZAYYAT / AFP)
Hezbollah declarou que lançou 60 foguetes contra uma sede militar israelita (Foto: Mahmoud ZAYYAT / AFP)
Nesta segunda-feira (26), o exército israelense afirmou que seus caças atingiram as defesas aéreas do grupo Hezbollah no vale de Beca, próximo da cidade histórica de Balbeque, no Líbano, em resposta ao ataque de um míssil a um dos seus drones que estava em território libanês. A ofensiva israelita matou pelo menos dois membros do Hezbollah.
 
As forças israelitas ainda asseguraram que vai prosseguir com as operações para defender Israel do Hezbollah, incluindo no espaço aéreo libanês. O Ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, anunciou que os ataques no Líbano continuarão, independentemente de qualquer acordo sobre reféns ou cessar-fogo temporário em Gaza.
 
"Se alguém pensa que quando conseguirmos um acordo de libertação de reféns e uma pausa em Gaza, isso irá aliviar o que se está se passando aqui, está enganado. O objetivo é fazer com que o Hezbollah recue para onde tem de estar, quer por acordo quer pela força", afirmou Gallant. 
 
Por usa vez, o Hezbollah declarou que lançou 60 foguetes contra uma sede militar israelita. Segundo o grupo, essa ofensiva foi em resposta ao ataque israelita a Balbeque. 
 
O alto representante político do Hezbollah, Mohamed Hussein Fadlalah, já havia afirmado antes que o ataque das tropas de Israel a Balbeque não ficaria sem reação.

Tags: guerra | israel | hezbollah |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.