Diario de Pernambuco
Busca

ELEIÇÕES NOS EUA

Trump chama imigrantes de "terroristas" em discurso após vitória em Iowa

Ex-presidente ainda prometeu fechar as fronteiras e promover deportações em massa; candidato venceu eleição primária com 51% dos votos na segunda-feira (15)

Publicado em: 16/01/2024 22:34 | Atualizado em: 16/01/2024 22:21

Trump diz que imigrantes saíram de prisões e hospitais psiquiátrico (foto: Tannen Maury/AFP)
Trump diz que imigrantes saíram de prisões e hospitais psiquiátrico (foto: Tannen Maury/AFP)

Em primeiro discurso após vitória nas primárias em Iowa, o ex-presidente Donald Trump voltou a utilizar a estratégia de atacar imigrantes. O candidato, que venceu com 51% dos votos no estado na segunda-feira (15), chamou pessoas que foram de seus países de origem para os Estados Unidos de “terroristas” e disse que eles saíram de prisões, hospitais psiquiátricos e “países que a maioria das pessoas nunca ouviu falar”.

 

Trump também prometeu fechar a fronteira com o México e disse que, caso eleito, vai promover uma deportação em massa semelhante à feita na década de 1950 pelo então presidente Dwight Eisenhower. Durante a fala, o candidato do partido Republicano chamou o atual presidente, Joe Biden, de “pior presidente da história do país” e acusou o democrata de estar destruindo os EUA.

 

No cenário internacional, Trump ainda garantiu que a Rússia não teria atacado a Ucrânia se ele estivesse na presidência. “Nós nos damos muito bem”, disse ao se referir à relação com Vladimir Putin. De acordo com o ex-presidente, Israel também não teria sofrido ataque e “90% dos problemas no país estariam resolvidos”.

 

 

 

O ex-presidente venceu a votação em Iowa para ser o representante dos Republicanos na eleição nacional com notável vantagem em relação aos concorrentes. Trump teve 51% dos votos, enquanto Ron DeSantis e Nikki Haley tiveram 21% e 19%, respectivamente. Além da bandeira anti-imigração, um novo discurso foi levantado pelo ex-mandatário: se vingar dos inimigos democratas. "Essas prévias são a chance de obter uma vitória definitiva sobre todos os mentirosos, trapaceiros, bandidos, pervertidos, vigaristas, anormais e cretinos", declarou durante comício.

 

Até o momento, Trump segue como líder isolado nas primárias, com 20 delegações conquistadas. Atrás dele, aparecem DeSantis, com nove delegações, e Haley, com oito. As eleições presidenciais acontecem em novembro deste ano.

 

 

Confira as informações no Correio Braziliense


COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.