Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

Treze reféns israelitas já estão com o Crescente Vermelho

Primeiro-ministro israelita e ministro da Defesa de Israel acompanham a libertação dos reféns no centro de comando das operações das Forças da Defesa de Israel, em Tel Aviv

Publicado em: 24/11/2023 12:28

As forças de segurança israelenses estão ao lado dos ônibus que esperam no heliporto do centro médico Schneider de Tel Aviv (Foto: FADEL SENNA / AFP)
As forças de segurança israelenses estão ao lado dos ônibus que esperam no heliporto do centro médico Schneider de Tel Aviv (Foto: FADEL SENNA / AFP)
De acordo com o jornal Times of Israel, os 13 reféns israelitas capturados pelo Hamas já estão com a equipe do Comitê Internacional do Crescente Vermelho a caminho do Egito. Os reféns estão sendo transportados em ambulâncias do Crescente Vermelho a caminho da saída de Gaza. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e o ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, acompanham a libertação dos reféns no centro de comando das operações das Forças da Defesa de Israel no quartel-general militar, em Tel Aviv.
 
Este é o primeiro grupo de reféns israelitas libertados pelo Hamas desde os ataques de 7 de outubro, dia em que os combatentes capturaram cerca de 240 israelitas.

Hamas também libertou 12 reféns tailandeses

Além dos 13 reféns israelitas que foram libertados pelo Hamas, o primeiro-ministro da Tailândia, Srettha Thavisin, anunciou há momentos que o Hamas também já libertou os 12 reféns tailandeses que tinha prometido soltar.
 
"O Departamento de Segurança e o Ministério das Relações Exteriores confirmaram que 12 reféns tailandeses já foram libertados. Os funcionários da embaixada irão buscá-los dentro de uma hora", escreveu o primeiro-ministro na rede social X. 

A libertação destes reféns tailandeses não faz parte do acordo firmado entre Israel e o Hamas. Segundo a chancelaria tailandesa, este foi um pedido da Tailândia ao Irã para que negociasse diretamente com o Hamas a libertação destas pessoas capturadas no ataque do dia 7 de outubro.
Tags: reféns | hamas | israel | guerra |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.