Diario de Pernambuco
Busca

TERRORISMO

Presos na Espanha dois brasileiros por suspeitas de ligações com o Estado Islâmico

Os detidos estavam alegadamente imersos num processo de radicalização e usavam plataformas de mensagens para mostrar o seu apoio ativo à organização

Publicado em: 27/11/2023 15:23

Organização também é chamada de Daesh, no seu acrônimo em árabe (Foto: KARAM AL-MASRI/AFP
)
Organização também é chamada de Daesh, no seu acrônimo em árabe (Foto: KARAM AL-MASRI/AFP )
A Guarda Civil da Espanha deteve dois irmãos de nacionalidade brasileira na cidade de Estepona, em Málaga, por suposta prática de crimes de terrorismo e devido a alegadas ligações com o grupo extremista Estado Islâmico (EI).
 
Os detidos estavam alegadamente imersos num processo de radicalização e utilizavam plataformas de mensagens instantâneas criptadas para mostrar o seu apoio ativo à organização EI (Daesh no seu acrônimo em árabe).
 
Ambos usaram e divulgaram material multimídia de propaganda do EI através dos seus perfis online, incluindo manuais de fabricação de explosivos e de envenenamento ou de cibersegurança, bem como documentos que justificavam a execução de ações suicidas.
 
O FBI dos Estados Unidos também colaborou com a Guarda Civil na detenção, identificação e neutralização dos dois irmãos baseados na Espanha. Além disso, através da Europol, foram estabelecidas ligações importantes entre estes detidos e outros indivíduos detidos ou sob investigação em países europeus devido às suas ligações com ameaças terroristas.
 
Segundo a Direção-Geral da Guarda Civil, agentes do Serviço de Informação apoiados pela Unidade Especial de Intervenção (UEI) e pelo Grupo de Ação Rápida (GAR) detiveram estas duas pessoas sob a direção do Ministério Público da Audiência Nacional e do Tribunal Central de Instrução, cujo titular decretou a sua prisão. Os agentes já fizeram buscas numa casa associada aos detidos na cidade de Estepona, em Málaga, a fim de recolher mais provas das suas atividades e esclarecer os fatos sob investigação.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.