Diario de Pernambuco
Busca

INTERCEPTAÇÃO

Estados Unidos derrubam mísseis do Iêmen 'potencialmente' direcionados a Israel

Navio da Marinha dos EUA foi responsável pela interceptação dos mísseis e drones
Por: AFP

Publicado em: 19/10/2023 18:17 | Atualizado em: 19/10/2023 18:18

Os mísseis e drones foram disparados por rebeldes houthis no Iêmen (foto ilustrativa: STR/AFP)
Os mísseis e drones foram disparados por rebeldes houthis no Iêmen (foto ilustrativa: STR/AFP)

Um navio da Marinha dos Estados Unidos derrubou, nesta quinta-feira (19/10), mísseis e drones disparados por rebeldes houthis no Iêmen, possivelmente direcionados contra Israel, informou o Pentágono.

 

Três "mísseis de cruzeiro de ataque terrestre e vários drones" foram interceptados por um destróier "que opera no norte do Mar Vermelho", disse um porta-voz aos jornalistas.

 

O ataque foi lançado do Iêmen "potencialmente contra alvos em Israel".

 

"Até onde se sabe", não foram reportados feridos entre os militares do navio USS Carney nem entre os civis em terra, afirmou o Departamento de Defesa americano durante uma coletiva de imprensa.

 

Os houthis, apoiados pelo Irã, tomaram o controle da capital iemenita Saná em 2014, o que desatou uma guerra contra as forças governamentais que deixou centenas de milhares de mortos e milhões de deslocados, mergulhando o país em uma das piores crises humanitárias do mundo.

 

A interceptação destes drones e mísseis acontece no contexto de crescentes temores, por parte de Washington, de um envolvimento direto de Teerã no conflito entre Israel e a organização palestina Hamas, que já provocou milhares de mortes.

 

No Iraque, ataques com drones contra as forças americanas e a coalizão internacional foram "frustrados" na quarta-feira e os aparelhos foram "derrubados", deixando alguns feridos leves, disseram as autoridades militares americanas.

 

 

 

Nos últimos dias, facções armadas iraquianas próximas do Irã ameaçaram atacar os interesses americanos no Iraque devido ao apoio de Washington a Israel.

 

O secretário de Defesa americano, Lloyd Austin, anunciou no sábado que seu país enviaria um segundo porta-aviões ao Mediterrâneo Oriental para "dissuadir ações hostis contra Israel ou qualquer tentativa de ampliar esta guerra".


Tags: eua | mísseis | drones | iêmen | israel |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.