Diario de Pernambuco
Busca

RÚSSIA

Jovens russos se reúnem em praça para 'piquenique homofóbico'

Publicado em: 21/07/2022 15:52

 (crédito: Reprodução/AP)
crédito: Reprodução/AP
Cerca de 30 jovens se reuniram, na última terça-feira (19), em um parque na Rússia, para realizar o que os organizadores chamaram de 'piquenique homofóbico'. As informações são da IstoÉ.

No evento, realizado em um parque na cidade de Ecaterimburgo, os participantes jogaram, cantaram músicas e comeram lanches.

De acordo com os organizadores, o intuito do encontro foi promover os "valores tradicionais" da sociedade russa.

Artyom Vlasov, co-organizador do evento, afirmou que o nome 'piquenique homofóbico' foi escolhido por ser "barulhento e provocativo", para atrair mais jovens.

O piquenique fez parte do festival juvenil Semana Tradicional e incluiu também uma palestra intitulada Moral no século XXI.

A primeira edição do festival foi em 2021 sob o nome de Straight Week (Semana Hétero, em tradução livre) logo após a Pride Week, promovida por ativistas LGBTQIA+.

"País homofóbico" 
 
Embora a homossexualidade tenha sido descriminalizada em 1993, a Rússia ainda é considerado um país homofóbico, tendo, inclusive, a chamada "lei de propaganda gay", aprovada em 2013, em que proíbe a distribuição para menores de idade conteúdos que defendam os direitos LGBTQIA ou que equiparem relacionamentos heterossexuais a homossexuais.

No Brasil, a criminalização da homofobia e da transfobia foi instituída em 2019 por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros consideraram que atos preconceituosos contra homossexuais e transexuais passariam a ser enquadrados no crime de racismo. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários