Diario de Pernambuco
Busca

NATUREZA

Dezenas de tartarugas marinhas protegidas morrem a facadas no Japão

Por: AFP

Publicado em: 19/07/2022 09:22

 (Foto: Hector RETAMAL / AFP)
Foto: Hector RETAMAL / AFP
Um pescador admitiu ter esfaqueado até a morte dezenas de tartarugas marinhas verdes, uma espécie protegida, enquanto estavam presas em suas redes perto de uma ilha no sul do Japão, afirmaram fontes oficiais nesta terça-feira (19/7).

Entre 30 e 50 tartarugas marinhas verdes foram encontradas mortas ou moribundas na quinta-feira passada (14/7), com marcas de facadas especificamente em seus pescoços, em uma praia na ilha de Kumejima, 1.600 quilômetros a sudoeste de Tóquio.

"Foi uma cena dantesca", disse à AFP Yoshimitsu Tsukakoshi, membro de uma organização de conservação de tartarugas marinhas em Kumejima.

"As tartarugas marinhas são criaturas gentis e fogem quando os humanos se aproximam demais", acrescentou. "Não consigo acreditar que uma coisa dessas possa acontecer no nosso tempo", continuou ele.

Yuji Tabata, diretor da cooperativa de pesca local, disse à AFP nesta terça-feira que um pescador confessou ter esfaqueado as tartarugas. Segundo Tabata, o pescador, cuja identidade não foi revelada, alegou ter libertado muitas das tartarugas presas em suas redes, mas depois começou a esfaqueá-las na tentativa de enfraquecê-las e soltá-las com mais facilidade.

"Ele disse que nunca tinha visto tantas tartarugas em suas redes. Agora se arrepende" de seu ato, disse Tabata. O pescador declarou que se sentia em perigo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários