Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

Turquia diz que guerra da Ucrânia pode ser nefasta à segurança global

Publicado em: 10/06/2022 17:55

 (Foto: AFP)
Foto: AFP
De acordo com as declarações do ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, os riscos de uma prolongação no conflito na Ucrânia terão efeitos nefastos para a Europa e a segurança internacional. O chanceler turco pediu mais esforços diplomáticos para alcançar uma paz justa e duradoura. Qualquer solução alcançada deve proteger a soberania, a independência e a integridade territorial da Ucrânia, afirmou Cavusoglu.
 
Em relação às demandas de Ancara a respeito da adesão da Suécia e Finlândia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), o chefe do departamento de comunicação do governo da Turquia, Fahrettin Altun, disse que permanecem inalteradas e não são negociáveis. "Não é correto que a Finlândia e a Suécia desperdicem o tempo da Aliança Atlântica neste momento crítico. A adesão à OTAN não é um direito, mas um privilégio, e o que acontecer a seguir dependerá do governo sueco e finlandês, avaliou Altun.
 
Além disso, Altun também comentou que a Turquia como Estado-membro da Aliança contribui e tem o compromisso com a segurança de seus aliados e também espera mais da Finlândia e da Suécia do que só palavras. “Antes desta candidatura eles podem ter pensado: A Turquia será convencida de qualquer forma ou a Turquia não se oporá. No entanto, nosso país protegerá seus interesses a todo custo”, apontou.

Impasse nas negociações

Até o momento, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan se opõe aos pedidos de adesão à OTAN dos dois países nórdicos alegando que ambos apoiam o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em curdo) e as Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em curdo), organizações consideradas terroristas por Ancara.
 
Recentemente, a Turquia recebeu a visita das delegações da Suécia e da Finlândia e assegurou mais uma vez nas reuniões com as autoridades que para haver sua aprovação as candidaturas de Estocolmo e Helsinque à OTAN é imprescindível que estas nações deixem de apoiar estes grupos, além de proibi-los de organizar quaisquer eventos em seu território, assim como extraditar aqueles que são procurados pelo governo turco sob acusações de terrorismo e ainda apoiar as operações militares e antiterroristas de Ancara e levantar todas as restrições à exportação de armas para o país
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com Isaltino Nascimento (PSB), Dr. Luiz Mário e  Pedro Silveira
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Grupo Diario de Pernambuco