Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

RÚSSIA

Familiares de membros da Guarda Nacional russa receberão indenização

Por: AFP

Publicado em: 06/06/2022 14:50

 (crédito: Alexey DANICHEV / SPUTNIK / AFP)
crédito: Alexey DANICHEV / SPUTNIK / AFP
As famílias dos soldados da Guarda Nacional mortos nas Ucrânia e na Síria receberão uma indenização de cinco milhões de rublos (80.000 dólares), graças a um decreto assinado nesta segunda-feira (6) pelo presidente russo Vladimir Putin.

"Em caso de morte de militares da Guarda Nacional que fazem parte da operação especial (na Ucrânia) ou de missões especiais na Síria, os membros de suas famílias receberão uma indenização de cinco milhões de rublos", segundo o decreto publicado no Diário Oficial russo.

O presidente russo já assinou um decreto parecido com este em abril, destinado à polícia de fronteiras com a Ucrânia e aos "voluntários" mortos durante a ofensiva russa.

A Guarda Nacional foi criada em 2016. Se ocupa das tarefas que deveriam corresponder à polícia antidistúrbios e às unidades de elite das forças de segurança e responde diretamente ao presidente russo.

As autoridades russas foram muito discretas sobre o número de mortos da Guarda Nacional na Ucrânia e na Síria. No final de março, o Ministério da Defesa afirmou que 1.351 soldados morreram na Ucrânia, mas os analistas internacionais consideram que este número é muito maior.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco