Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

GASOLINA

Biden quer suspender imposto federal sobre preço da gasolina por 3 meses

Por: AFP

Publicado em: 22/06/2022 12:39

 (Foto: PIXABAY )
Foto: PIXABAY
O presidente Joe Biden pedirá nesta quarta-feira (22) ao Congresso dos Estados Unidos a suspensão por três meses de um imposto federal sobre o preço da gasolina, que registrou uma disparada nos últimos meses, algo que irrita profundamente os americanos a poucos meses das eleições de meio de mandato.

A Casa Branca quer eliminar até setembro um imposto federal de 18 centavos por galão (3,78 litros) e vai pedir aos estados, que também tributam o combustível na bomba, que façam o mesmo para "aliviar diretamente os consumidores americanos que sofrem com a alta dos preços de (Vladimir) Putin", afirmaram fontes da administração Biden.

O preço médio do galão de gasolina atingiu o recorde de 5 dólares nos Estados Unidos (4,968 dólares na quarta-feira), contra US$ 3 há 12 meses.

A alta tem consequências para a economia nacional e afeta o índice de aprovação do presidente americano, atualmente abaixo de 40%.

"O presidente tem consciência do importante desafio que os elevados preços da gasolina representam para as famílias trabalhadoras, pois os custos da gasolina subiram dramaticamente em todo o mundo, em quase 2 dólares por galão desde que Putin concentrou suas tropas nas fronteiras da Ucrânia", afirmaram as fontes.

Biden "entende que esta suspensão do imposto sobre a gasolina não vai compensar por si só o aumento dos custos que estamos vendo", admitiram. 

"Mas ele acredita que neste momento único em que a guerra da Ucrânia impõe os custos às famílias americanas, o Congresso deve fazer o que pode para aliviar estas famílias", acrescentaram.

A suspensão do imposto federal de 18 centavos, junto com o imposto sobre diesel de 24 centavos por galão, durante a temporada de viagens de verão deve custar quase 10 bilhões de dólares ao fundo de infraestruturas de rodovias, normalmente financiado por estes tributos. 

O governo afirma que outras fontes de receita podem compensar o déficit do fundo.

Além disso, a Casa Branca pede aos estados, que também impõem diferentes níveis de impostos sobre a gasolina, que eliminem temporariamente as tarifas ou disponibilizem mecanismos de compensação aos motoristas.

Vários estados já adotaram medidas do tipo, como Connecticut e Nova York. Na média, os estados cobram 30 centavos em impostos por galão de gasolina.

Mas de acordo com analistas, 46 estados ainda não anunciaram medidas, incluindo a Califórnia, onde a gasolina tem os maiores impostos e é a mais cara do país, com um preço que supera 6 dólares por galão.

A secretária de Energia, Jennifer Granholm, se reunirá com as refinarias na quinta-feira para tentar convencê-las a aumentar suas capacidades. 

O presidente assume um risco político ao tentar suspender os impostos, uma medida criticada antes que se soubesse que ele a proporia, mesmo dentro de seu próprio campo político. 

A número um da maioria democrata na Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, rejeitou na semana passada a ideia que, segundo ela, é um "show". 

Alguns especialistas também expressaram ceticismo sobre o efeito da medida, que não aborda o problema subjacente: demanda forte versus oferta restrita.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Grupo Diario de Pernambuco