Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

GUERRA

Biden diz que Zelensky 'não quis ouvir' advertências sobre invasão russa

Por: AFP

Publicado em: 11/06/2022 11:30

 (crédito: MARIO TAMA/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/Getty Images via AFP)
crédito: MARIO TAMA/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/Getty Images via AFP
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou na sexta-feira que o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, "não quis ouvir" as advertências de Washington antes da invasão da Rússia a seu país.

"Muitos pensaram que estava exagerando ao mencionar um ataque russo contra a Ucrânia antes do início", declarou Biden em uma recepção em Los Angeles para arrecadar fundos para o Partido Democrata.

"Mas eu sabia que tínhamos informações de que isso estava acontecendo. (O presidente russo Vladimir Putin) ia atravessar a fronteira. Não havia dúvida e Zelensky não queria ouvir", disse.

O governo dos Estados Unidos começou a alertar sobre os preparativos para uma invasão da Ucrânia muito antes de Putin anunciar uma "operação especial" contra o país em 24 de fevereiro.

As advertências provocaram incredulidade e, inclusive, críticas de alguns aliados europeus, que consideravam Washington muito alarmista na época.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco