Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

EMERGÊNCIA

OMS realiza reunião de emergência sobre o surto de varíola

Publicado em: 20/05/2022 14:10

 (Foto: Fabrice COFFRINI / AFP
)
Foto: Fabrice COFFRINI / AFP
Nesta sexta-feira (20), a Organização Mundial da Saúde (OMS) determinou uma reunião de emergência com especialistas para discutir a respeito do surto de varíola dos macacos em humanos que acomete diversos países. O comitê convocado é o Grupo Consultivo Estratégico e Técnico sobre Riscos Infecciosos com Potencial de Pandemia e Epidemia (STAG-IH), que orienta a OMS em relação aos riscos de infecção que podem representar uma ameaça à saúde global. As pautas do encontro serão, sobretudo, sobre a vacinação, os meios de transmissão do vírus e se a transmissão já se tornou comunitária, entre outros.  A OMS relatou que não há uma vacina específica para a varíola dos macacos, porém os dados demonstram que os imunizantes usados para a varíola tradicional são até 85% eficazes contra essa nova versão.
 
No começo de maio, a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido foi à primeira instituição de saúde na Europa a relatar publicamente um caso deste tipo de varíola.  Desde então, já foram confirmados casos na Austrália, Canadá, França, Itália, Portugal, Espanha, Suécia e Estados Unidos. Hoje (20),  Alemanha e Bélgica também registraram os primeiros casos da doença e autoridades de saúde da Holanda informaram que estão monitorando vários casos suspeitos.  Segundo uma nota do serviço médico das Forças Armadas alemã, este é o maior e mais disseminado surto de varíola dos macacos já visto no continente europeu.
 
Na África Central e Ocidental o vírus é endêmico e a varíola dos macacos sempre foi considerada rara fora do continente. No entanto, somente em um paciente do Reino Unido que havia viajado à Nigéria foi identificada a doença. Nos demais diagnósticos na região não existem nenhum histórico de viagem a países africanos onde o vírus circula.
 
A OMS informou que a principio os casos de contágio entre seres humanos podem ocorrer, apesar de serem considerados bem raros, por isso as autoridades de saúde pelo mundo estão monitorando os novos diagnósticos porque estes sugerem indicar que se proliferam com mais facilidade de pessoa para pessoa
 
Entenda a varíola de macacos 
 
A varíola dos macacos é uma doença viral rara transmitida aos humanos a partir de animais, com letalidade variando de 1% a 10%. A doença não se dissemina com facilidade entre os indivíduos, no entanto pode apresentar complicações. O período de incubação, em geral, dura de seis a 13 dias, podendo se estender até 21 dias. Os principais sintomas  são febre, dores nas costas e nos músculos e erupções cutâneas pelo corpo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Grupo Diario de Pernambuco