Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

Vice-presidente dos EUA, Kamala Harris testa positivo para Covid-19

Publicado em: 26/04/2022 17:35

 (crédito: EVELYN HOCKSTEIN)
crédito: EVELYN HOCKSTEIN
A vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, testou positivo para covid-19, informou a Casa Branca nesta terça-feira (26). De acordo com a porta-voz de Kamala, ela "não apresentou sintomas, vai ficar isolada e trabalhará fora da Casa Branca, na residência oficial no campus do Observatório Naval".

Kamala estava na Califórnia e chegou a Washington na noite desta segunda-feira (25/4). O contágio acendeu um alerta sobre uma possível infecção do presidente Joe Biden, considerado grupo de risco por estar na faixa etária de pessoas mais vulneráveis à doença.

No entanto, a Casa Branca informou que nas últimas semanas, Kamala “não tem tido um contato próximo com o presidente ou com a primeira-dama devido às respectivas agendas de viagens recentes” e, por isso, não há risco de Joe Biden ser infectado.
 
Além do esquema vacinal completo, Kamala já recebeu duas doses de reforço, a última, em 1º de abril. “Ela seguirá as diretrizes do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e os conselhos de seus médicos. A vice-presidente só retornará à Casa Branca quando testar negativo”, acrescentou a porta-voz.

Kamala se torna a figura política de maior destaque a ser infectada pelo vírus; ômicron atinge outras autoridades de Washington
 
Com o resultado, Kamala se tornou a figura política de maior destaque a ser infectada pelo vírus desde o contágio do ex-presidente Donald Trump, no último mês da campanha presidencial de 2020.

A infecção da vice-presidente faz parte de uma onda de contágio de autoridades de Washington. Antes dela, no início deste mês, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, foi infectada. O procurador-geral, Merrick B. Garland, e a secretária de Comércio, Gina Raimondo, também anunciaram o teste positivo em abril.

O contágio em massa foi relacionado pela imprensa americana a dois fatores: primeiro, a um surto da subvariante da ômicron, a BA.2, na região de Poder do país, e, segundo, a um jantar anual em que jornalistas, funcionários do governo e membros do Legislativo se encontram no Gridiron Club.

Nancy, Merrick, Gina e os deputados Adam Schiff e Joaquin Castro estiveram presentes no evento e, todos, testaram positivo semanas depois. Kamala não compareceu ao jantar, no entanto o diretor de comunicação da vice-presidente, Jamal Simmons, esteve no local e testou positivo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Ataque a tiros em escola nos EUA deixa 21 mortos
Para OMS, varíola do macaco ainda pode ser contida
Manhã na Clube: Henrique Queiroz Filho (PP), Edno Melo (Republicanos) e André Morais (CORECON-PE)
Soldado russo condenado à prisão perpétua por matar civil na Ucrânia
Grupo Diario de Pernambuco