Diario de Pernambuco
Busca

GOVERNO

Reino Unido amplia intervenção econômica devido à segurança nacional

Publicado em: 05/01/2022 12:17

 (Foto: Reprodução / Internet)
Foto: Reprodução / Internet
O governo britânico informou que a Lei de Segurança Nacional e Investimento (NSI, na sigla em inglês) foi autorizada, o que permite ao Estado novos poderes para intervir nas aquisições de empresas e investidores nos 17 setores principais da economia. 

A lei entrou em vigor ontem (4) e de acordo com o comunicado oficial a NSI é a maior agitação do regime de segurança nacional do Reino Unido em 20 anos. Ela proporciona aos ministros a ampliação dos seus poderes, dando a competência de examinar, supervisionar e intervir em aquisições realizadas por qualquer indivíduo, empresa ou investidor onde possa haver danos ou prejuízos potenciais a segurança nacional do país.

Anteriormente o governo já possuía determinados poderes para bloquear acordos onde uma aquisição liderada por estrangeiros poderia afetar elementos como a estabilidade econômica, pluralidade da mídia e a resposta pandêmica. No entanto, agora os ministros poderão controlar negócios em diversas áreas econômicas, nas quais estão incluídas inteligência artificial, robótica, tecnologia, setor nuclear civil, tecnologia quântica, transportes, e ainda o espaço de defesa.

Segundo a declaração do Secretário de Estado para Negócios, Energia e Estratégia Industrial, Kwasi Kwarteng, o Reino Unido é reconhecido globalmente como um lugar atrativo para investir. “Mas nós sempre deixamos claro que não hesitaremos em intervir onde for necessário para proteger nossa segurança nacional”, afirmou Kwarteng.

A ampliação da lei acontece em meio à aquisição da fabricante britânica de chips ARM pela multinacional norte-americana Nvidia, por aproximadamente US$ 54 bilhões (R$ 306,7 bilhões), que provocou grande controvérsia no Reino Unido.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.