Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

SUDÃO

Protestos em massa contra militares no Sudão geram confrontos em Cartum

Por: AFP

Publicado em: 04/01/2022 12:09

 (Foto: AFP)
Foto: AFP
Milhares de sudaneses protestaram nesta terça-feira(4) contra os militares em Cartum e em outras cidades do país africano, dois dias após a renúncia do primeiro-ministro civil.

Policiais, soldados e paramilitares dispararam gás lacrimogêneo contra os civis concentrados em frente ao palácio presidencial na capital, segundo testemunhas.

Os manifestantes gritavam "Não, não ao governo militar!" e pediam a queda da Junta liderada pelo general Abdel Fatah al Burhan, que conduziu o golpe de 25 de outubro.

As ruas de acesso ao quartel-general foram fechadas, em meio a um imponente dispositivo de segurança.

Dezenas de manifestantes também se reuniram na cidade vizinha de Omdurmán, bloqueando ruas com paralelepípedos e tijolos.

Ativistas pró-democracia intensificaram os pedidos de manifestações depois que o então primeiro-ministro Abdullah Hamdok e seus ministros foram detidos.

O golpe gerou manifestações massivas e uma repressão violenta que já deixou pelo menos 57 mortos e centenas de feridos, segundo o sindicato dos médicos.

Pelo menos 13 mulheres relataram estupro durante os distúrbios, de acordo com relatórios da ONU.

Em 21 de novembro, Burhan restabeleceu Hamdok no poder depois de chegar a um acordo no qual prometia convocar eleições em meados de 2023. O movimento de protesto considerou a medida uma "traição" e manteve a pressão nas ruas.

Apesar da repressão mortal e da pressão popular, a revolta contra o general Omar al Bashir, deposto em 2019 pelo exército, voltou-se contra os próprios militares após o golpe.

Nesta terça-feira, os ativistas instaram os manifestantes a tomarem as ruas rumo ao palácio presidencial "até obterem a vitória".

A renúncia de Hamdok trouxe temores de um possível retorno à ditadura.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Papa recebeu como tapas os depoimentos de abusos no Canadá
Defesa de Brittney Griner alega falhas em provas apresentadas pela Rússia
Grupo Diario de Pernambuco