Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

MEIO AMBIENTE

Petróleo derramado no mar no Peru foi o dobro do informado até agora

Por: AFP

Publicado em: 28/01/2022 19:55

 (Foto: Cris BOURONCLE / AFP
)
Foto: Cris BOURONCLE / AFP
A quantidade de petróleo bruto derramada no mar no Peru foi o dobro do que havia sido relatado até agora, quase 12.000 barris em vez de 6.000, afirmou o ministro do Meio Ambiente do Peru, Rubén Ramírez, nesta sexta-feira (28).

"Temos até agora um número de 11.900 barris" despejados no mar em 15 de janeiro, disse Ramírez em entrevista coletiva.

O ministro fez o anúncio horas depois que a justiça peruana proibiu quatro diretores da petrolífera espanhola Repsol de deixar o país por 18 meses, enquanto avançam as investigações sobre o derramamento que ocorreu no momento em que o petroleiro "Mare Doricum" descarregava na refinaria La Pampilla, 30 km ao norte de Lima. A empresa atribuiu o acidente à erupção vulcânica em Tonga.

Enquanto isso, o vice-ministro do Meio Ambiente, Alfredo Mamani, que esteve ao lado de Ramírez na entrevista coletiva, confirmou que "a nova estimativa é de 11.900 barris, [como] disse o ministro".

"Até hoje já são 4.225 barris recuperados" do mar e das praias, acrescentou Mamani.

A mancha negra de óleo foi arrastada pelas correntes marítimas para cerca de 140 km ao norte da refinaria, segundo a Ministério Público, causando a morte de um número indeterminado de peixes e aves marinhas.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco