Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

DIPLOMACIA

Forças de paz são enviadas ao Cazaquistão

Publicado em: 06/01/2022 17:51

 (Foto: AFP)
Foto: AFP
Nesta quinta-feira (6), o secretariado da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (CSTO, na sigla em inglês) anunciou que o bloco está enviando forças de paz para o Cazaquistão. “Neste momento, a parte russa do contingente de manutenção da paz está sendo transferida para o território do Cazaquistão pela Força Aeroespacial da Rússia. As primeiras unidades das forças já começaram a executa suas missões”, diz o comunicado oficial da CSTO.

De acordo também com a nota emitida pela CSTO, as forças de manutenção da paz incluem unidades das Forças Armadas da Rússia, Armênia, Tajiquistão, Belarus e Quirguistão. As principais tarefas das tropas coletivas ainda abrangem a proteção das mais importantes instalações militares e públicas e a assistência às forças da ordem da República do Cazaquistão para poder estabilizar a situação e restabelecer a legalidade no país.

Entenda a crise no Cazaquistão
Os protestos no Cazaquistão se iniciaram no dia 2 de janeiro nas cidades de Zhanaozen e Aktau devido ao aumento dos preços do gás liquefeito. Dois dias depois, os conflitos também eclodiram em Almaty e em outras várias cidades do território cazaquistanês, onde aconteceram diversos confrontos com a polícia que causaram inúmeros feridos e mortes. 

Ontem (5), a situação deteriorou-se quando manifestantes na cidade de Almaty invadiram o escritório do prefeito e a antiga residência presidencial além de atacarem as forças policiais. Agora se encontra em andamento uma operação antiterrorista em Almaty, mas é estimado que centenas de manifestantes permaneçam ocupando o centro da cidade.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Leonardo Péricles e Dr. Heitor Albanez
Fortuna dos 10 mais ricos dobrou com a Covid
Supervacinada: Rafaela inaugura a fase da imunização de crianças contra a Covid no Recife
ONG acusa Bolsonaro de ameaçar a democracia no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco