Diario de Pernambuco
Busca

VACINAÇÃO

OMC faz reunião sobre patentes das vacinas sem participação do Brasil

Publicado em: 29/12/2021 16:52

 (Foto: AFP)
Foto: AFP
Segundo publicado pelo jornal Valor Econômico, a diretora-geral da Organização
Mundial do Comércio, Ngozi Okonjo-Iweala, realizou uma reunião na OMC somente
com uma parte dos representantes da entidade, dentre os quais, União Européia, Estados
Unidos, África do Sul e Índia. De acordo com a mídia, a OMC busca melhorar a
distribuição de vacinas anticovid pelo mundo, no entanto excluíram a participação do
Brasil e diversas outras nações. Estas demonstraram desagrado com a OMC de articular
sigilosamente um acordo sobre patentes para os imunizantes somente com quatro
membros da instituição.
 
Conforme ainda informado pela Agência Brasil, Ngozi Okonjo-Iweala já tinha
declarado que a OMC se encontrava perto de solucionar uma disputa a respeito de como
distribuir as vacinas contra a Covid, de um modo mais extenso e justo, porém estava
enfrentando uma iniciativa orquestrada de impossibilitar um acordo. A diretora da Mundial do Comércio, Okonjo-Iweala, esclareceu que o acordo é imprescindível para
poder permitir a transferência de tecnologia a países em desenvolvimento sem que as
fabricantes corram risco de serem processadas. Fácil de usar, fácil de distribuir e
acessível. Essas são as coisas que podem ser atingidas se chegarmos a acordos assim.
Estamos chegando perto de uma resposta, uma solução. Por outro lado, parece que há
uma iniciativa orquestrada para impedir o avanço dessa questão, relatou Okonjo-
Iweala.
 
Já a África do Sul e a Índia afirmaram que renunciariam aos direitos de propriedade
intelectual para os imunizantes e os tratamentos contra o novo coronavíus.
Entretanto, alguns membros de países desenvolvidos da UE, além da Suíça e o Reino
Unido alegam que seria melhor usar as normas já existentes da OMC para permitir que
nações concedessem licenças a produtores locais.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.