Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CHILE

'Julgamento político é histórico', diz ao Correio deputado que acusou Piñera

Publicado em: 09/11/2021 10:37

 (Foto: Arquivo pessoal)
Foto: Arquivo pessoal
Autor da denúncia contra o presidente Sebastián Piñera, o deputado chileno Tomás Hirsch falou ao Correio, na manhã desta terça-feira (9/11), sobre a abertura do processo de julgamento para a destituição do líder direitista. Ao fim de 22 horas de debates, a Câmara aprovou o julgamento político de Piñera por 78 votos a favor, 67 contra e três abstenções. A oposição precisou contar com o voto de Jorge Eduardo Sabag, acusado de entrar ilegalmente no Congresso. O deputado apresenta sintomas da Covid-19 e não teria apresentado um exame PCR.

"Essa votação foi algo absolutamente histórico. Pela primeira vez, um presidente chileno é acusado constitucionalmente pela Câmara de Deputados. Isso marca um rito. Também trata-se de algo muito simbólico. Envia um sinal ao Chile de rejeição profunda a manter no poder um presidente que privilegia os interesses pessoais por sobre os interesses da nação", explicou, por telefone, Tomás Hirsch.

Piñera é investigado por ligações com a venda de uma mineradora, a Dominga, nas Ilhas Virgens, um paraíso fiscal. O escândalo foi revelado pelos documentos chamados de Pandora Papers.
TAGS: piñera | sebastian | chile |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Grupo Diario de Pernambuco