Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

DESASTRE

Corpos são localizados 11 anos após tragédia em mina de carvão na Nova Zelândia

Por: AFP

Publicado em: 17/11/2021 09:30

 (Foto: Simon Baker/Pool/ AFP)
Foto: Simon Baker/Pool/ AFP
Onze anos após um desastre em uma mina da Nova Zelândia que provocou 29 mortes, os investigadores anunciaram que localizaram os restos mortais de pelo menos duas vítimas, mas uma operação para recuperar os corpos não parece provável.

O desastre da mina de carvão Pike River de 2010 foi um dos mais graves da Nova Zelândia e motivou diversas tentativas de recuperação dos corpos, assim como uma investigação criminal.

As autoridades acreditam que o desastre foi provocado por uma explosão após um acúmulo de metano.

Apenas dois dos 31 trabalhadores que estavam na mina sobreviveram à tragédia.

Os esforços de resgate foram interrompidos após vários colapsos de túneis, mas ao fazer uma perfuração os especialistas conseguiram obter imagens das partes mais profundas da mina.

A polícia informou que, desta maneira, conseguiu observar dois corpos e talvez um terceiro.

Porém, o ministro responsável pela operação de resgate, Andrew Little, comentou que "não é provável que (os corpos) sejam recuperados... Sei que algumas famílias gostariam de ir mais longe, mas não é possível".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco