Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

NAIRÓBI

Anistia acusa rebeldes de Tigré de estupros coletivos em região da Etiópia

Por: AFP

Publicado em: 09/11/2021 21:44

Reprodução/AFP
Combatentes do Tigré teriam estuprado, espancado e roubado várias mulheres em agosto na região de Amhara, cenário de confrontos entre rebeldes e forças governamentais no norte da Etiópia nos últimos meses, disse a Anistia Internacional nesta quarta-feira (9).

A ONG reuniu em um relatório depoimentos de 16 mulheres que afirmam ter sido vítimas das tropas da Frente de Libertação do Povo Tigré (TPLF) na cidade de Nifas Mewcha, em Amhara, entre 12 e 21 de agosto.

Eles contaram que os identificaram como combatentes do Tigré por seu sotaque e seus insultos étnicos dirigidos a elas. Alguns reconheceram ser membros da TPLF.

Quatorze das mulheres relataram ter sido vítimas de estupros coletivos. Gebeyanesh, de 30 anos, alegou ter sido estuprada na frente de seus filhos de 9 e 10 anos. Hamelmal disse que foi agredida por quatro combatentes.

Outra mulher afirmou que seus agressores, após estuprá-la, a espancaram com seus fuzis e a deixaram "inconsciente por mais de uma hora". Várias testemunhas garantiram que os homens também roubaram alimentos, joias, telefones e dinheiro.

Segundo a Anistia, as autoridades regionais de Amhara apontam que 71 mulheres foram estupradas naquele período. O Ministério da Justiça aumenta o número para 73.

Os atos denunciados no relatório “constituem crimes de guerra e potencialmente crimes contra a humanidade”, avaliou a secretária-geral da Anistia, Agnès Callamard.

A TPLF não estava disponível nesta terça-feira para comentar o assunto.

O conflito que assola o norte da Etiópia há um ano é marcado por massacres e abusos contra civis de ambos os lados, denunciam repetidamente as ONGs e as Nações Unidas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco