Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PRÊMIO NOBEL

Trio de especialistas da economia experimental ganha prêmio Nobel

Por: AFP

Publicado em: 11/10/2021 08:36

 (Foto: Claudio BRESCIANI / TT NEWS AGENCY / AFP)
Foto: Claudio BRESCIANI / TT NEWS AGENCY / AFP
O Prêmio Nobel de Economia foi concedido, nesta segunda-feira (11), a três especialistas da economia experimental: o canadense David Card, o americano Joshua Angrist e americano-holandês Guido Imbens.

O trio "contribuiu com novas ideias sobre o mercado de trabalho e mostrou quais conclusões podem ser tiradas de experiências naturais em termos de causas e consequências", elogiou o júri do Nobel.

"Sua abordagem se estendeu para outras áreas e revolucionou a pesquisa empírica", disse o júri do Prêmio do Banco da Suécia em Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel.

Esta distinção encerra a semana de anúncios do Nobel.

O prêmio concedido hoje recompensa o canadense David Card, nascido em 1956, "por suas contribuições empíricas para a economia do trabalho". Por meio de experimentos naturais, Card analisou os efeitos do salário mínimo, da migração e da educação no mercado de trabalho.

"Seus estudos do início da década de 1990 puseram em xeque as ideias recebidas, o que levou a novas análises e a novas perspectivas", segundo o júri.

Os resultados de sua pesquisa mostraram que o aumento do salário mínimo não supõe, necessariamente, uma redução do emprego.

Graças aos seus estudos, "percebemos que os recursos nas escolas são muito mais importantes para o êxito futuro dos alunos no mercado de trabalho do que pensávamos".

Angrist, de 61, e Imbens, de 58, foram recompensados, de forma conjunta, "por suas contribuições metodológicas na análise das relações de causa e efeito".

Em meados da década de 1990, os dois pesquisadores demonstraram como conclusões precisas sobre causas e efeitos podem ser fruto de experimentos naturais.

No ano passado, o prêmio foi para os americanos Paul Milgrom e Robert Wilson, por terem melhorado a teoria de leilões e inventado novos formatos de leilões.
TAGS: economia | nobel | prêmio |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
CPI da Pandemia chega ao final com homenagens às vítimas da Covid
Grupo Diario de Pernambuco