Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

Islândia suspende uso da vacina anticovid da Moderna

Por: AFP

Publicado em: 08/10/2021 18:12

 (Foto: Patrick Meinhardt / AFP
)
Foto: Patrick Meinhardt / AFP
A Islândia suspendeu o uso da vacina anticovid do laboratório americano Moderna nesta sexta-feira (8), citando um risco aumentado de inflamação do coração.

“Como há abastecimento suficiente da vacina Pfizer no país (...), o chefe da epidemiologia decidiu não usar a vacina Moderna na Islândia”, diz nota divulgada no site da Direção Nacional de Saúde.

A decisão foi motivada pelo "aumento da incidência de miocardite e pericardite após a vacinação com a vacina Moderna", disse o chefe da epidemiologia na nota.

Durante dois meses, a Islândia administrou uma dose adicional "quase exclusivamente" da vacina Moderna a islandeses vacinados com Janssen, um soro de dose única comercializado pelo laboratório americano Johnson & Johnson, assim como a idosos e imunossuprimidos que receberam duas doses de outra vacina.

Isso não afetará a campanha de vacinação desta ilha de 370 mil habitantes, onde 88% da população com mais de 12 anos já está totalmente vacinada.

Suécia e Finlândia também suspenderam o uso da vacina da Moderna, mas apenas para menores de 30 anos, e Dinamarca e Noruega desaconselharam formalmente para menores de 18 anos, devido ao risco de inflamação do miocárdio, músculo cardíaco e do pericárdio, a membrana que reveste o coração.

De acordo com as autoridades suecas, a maioria dessas inflamações são benignas, mas é recomendado acompanhamento médico se os sintomas aparecerem.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
CPI da Pandemia chega ao final com homenagens às vítimas da Covid
Grupo Diario de Pernambuco