Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

Moderna diz que vacinas anticovid enviadas ao Japão continham aço

Por: AFP

Publicado em: 01/09/2021 18:23

 (Foto: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP
)
Foto: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP
A Moderna disse nesta quarta-feira (1) que os lotes contaminados de sua vacina contra o coronavírus enviados ao Japão contêm partículas de aço inoxidável e que não espera que isso represente "um risco indevido para a segurança do paciente".

O laboratório americano enfrenta grandes contratempos no Japão, que suspendeu mais de 1,6 milhão de doses da vacina da Moderna após detectar substâncias estranhas.

As autoridades também investigam a morte de dois homens que receberam doses de um lote contaminado, embora a causa da morte seja desconhecida no momento.

Em um comunicado conjunto com seu parceiro japonês Takeda, a Moderna disse que a contaminação em um dos três lotes suspensos remete a falhas na linha de produção de uma fábrica administrada por sua empreiteira espanhola, ROVI Pharma Industrial Services.

"A rara presença de partículas de aço inoxidável na vacina Moderna Covid-19 não representa um risco indevido para a segurança do paciente e não afeta negativamente o perfil de risco/benefício do produto", indicou o comunicado.

Partículas de metal injetadas em um músculo podem causar uma reação localizada, mas é improvável que causem qualquer outra coisa, acrescentou.

"O aço inoxidável é comumente usado em válvulas cardíacas, próteses articulares, suturas e grampos de metal. Como tal, a injeção das partículas identificadas nesses lotes no Japão não deve resultar em um risco médico aumentado", disse ele.

A Moderna acrescentou que, no momento, não há evidências de que as duas mortes tenham relação com a vacina e "atualmente é considerada uma coincidência". Uma investigação está em andamento.

Cerca de 46% da população do Japão estava totalmente imunizada contra o coronavírus, em um momento em que o país passa por um aumento recorde de infecções pela variante delta, mais contagiosa.

A pandemia matou cerca de 16.000 no Japão, que aplica duras restrições em grandes partes do país.
TAGS: aço | japão | moderna | vacina | covid | pandemia |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco