Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

RÚSSIA

Manifestante pró-Navalny é condenado a três anos de prisão na Rússia

Por: AFP

Publicado em: 06/09/2021 16:21

 (crédito: NATALIA KOLESNIKOVA / AFP)
crédito: NATALIA KOLESNIKOVA / AFP
Um tribunal de São Petersburgo condenou, nesta segunda-feira (6), um russo a três anos de prisão por agredir, em janeiro, um policial durante uma manifestação que exigia a libertação do opositor Alexei Navalny.

Segundo a acusação, Ilia Pershin, de 27 anos, deu "duas cotoveladas" e "um chute" em um agente da polícia anti-distúrbios que tentou detê-lo durante a manifestação não autorizada de 31 de janeiro.

Em um comunicado publicado no Telegram, o tribunal informou que o acusado não admitiu os fatos.

No inverno passado, a polícia russa reprimiu várias manifestações que exigiam a libertação de Navalny, principalmente em São Petersburgo.

O ativista anticorrupção e inimigo jurado do Kremlin foi vítima de um grave envenenamento em 2020 e agora cumpre uma condenção de dois anos e meio de prisão por um caso de fraude, que o opositor afirma que é motivado politicamente.

As autoridades russas estão desmantelando nos últimos meses sua rede de organizações, que foram proibidas após serem declaradas "extremistas".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco