Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CORONAVÍRUS

Estudo mostra que variante delta não provoca casos mais graves em crianças

Por: AFP

Publicado em: 03/09/2021 16:18

 (Foto: Sanjay Kanojia/AFP)
Foto: Sanjay Kanojia/AFP
A variante delta não causa casos mais graves de covid-19 em crianças e adolescentes em comparação com outras variantes, de acordo com os primeiros dados divulgados nesta sexta-feira (3) pelas autoridades de saúde dos Estados Unidos.

A preocupação com as consequências da variante delta entre os mais jovens tem aumentado com um número crescente de crianças hospitalizadas nas últimas semanas.

Os Centros de Prevenção de Doenças (CDC), principal agência federal americana de saúde pública, estudaram dados de pacientes internados por covid-19 em 99 condados de 14 estados, onde vive cerca de 10% da população do país.

A agência comparou o período do começo de março a meados de junho com meados de junho ao fim de julho, quando a variante delta se tornou dominante nos Estados Unidos.

Entre esses dois períodos, a taxa de hospitalização de crianças e adolescentes de 0 a 17 anos se multiplicou por cinco.

Mas "a proporção de crianças e adolescentes hospitalizados por doenças graves", como aqueles internados em unidades de terapia intensiva, "foi semelhante antes e durante o período em que a delta era dominante", aponta o relatório.

Por outro lado, o estudo mostra que as vacinas protegem os adolescentes contra a variante delta.
TAGS: crianças | delta | vírus | covid |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco