Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CHINA

Crianças chinesas têm aulas sobre o 'pensamento de Xi Jinping'

Por: AFP

Publicado em: 01/09/2021 10:43

 (Foto: STR / AFP)
Foto: STR / AFP
As crianças chinesas retornaram, nesta quarta-feira (1º), às aulas, com novos livros didáticos que incluem o "pensamento de Xi Jinping", no momento em que o Partido Comunista tenta ampliar o culto à personalidade do presidente do país e forjar uma nova geração de patriotas.

O ministério da Educação informou que vai incluir a ideologia política do presidente Xi no currículo nacional, das escolas do ensino básico até os programas de pós-graduação, no início do novo ano letivo.

Citado pela agência de notícias estatal Xinhua em um texto sobre o início do ano letivo, Xi Jinping pediu aos alunos que "se esforcem para ter um coração puro, uma personalidade sólida e que sejam honrados".

Os professores do ensino básico devem "plantar a semente do amor ao partido, ao país e ao socialismo nos corações dos jovens", afirma um comunicado do governo sobre o novo currículo escolar.

Os novos livros didáticos têm várias frases do presidente e imagens de seu rosto sorridente. Os alunos devem estudar as conquistas da civilização chinesa e o papel do Partido Comunista em aliviar a pobreza e combater a pandemia de Covid-19.

Os capítulos são intercalados com frases de Xi sobre patriotismo e dever, assim como informações sobre seus encontros com cidadãos comuns.

O pensamento de Xi contém 14 princípios que incluem "liderança partidária absoluta" sobre os militares e "melhorar as condições de vida por meio do desenvolvimento".

As ideias foram incorporadas à Constituição durante uma reunião legislativa de 2018 que aboliu os prazos para os mandatos e abriu o caminho para que Xi Jinping governe por tempo indeterminado.

Os princípios são citados pelas autoridades com frequência em diferentes contextos, do combate à Covid-19 até a literatura e a arte.

A doutrinação das crianças com o pensamento de Xi acontece no momento em que o Partido Comunista organiza uma campanha para combater o que considera influências corruptas sobre os jovens, que vão dos jogos eletrônicos até ferramentas educacionais estrangeiras.

Os livros didáticos para as crianças mais velhas abordam temas ainda mais complexos, como a indústria aeroespacial chinesa e o caminho para virar uma "grande potência moderna e socialista".

Alguns pais expressaram de maneira privada a irritação com o currículo, mas recusaram conceder entrevistas à AFP pelo temor de problemas ao falar com a imprensa estrangeira.

A política enfrentou críticas sutis de alguns comentaristas anônimos na internet.

"A lavagem cerebral começa na infância", escreveu uma pessoa na plataforma Weibo.

Wang Fei-Ling, professor de Assuntos Internacionais da Universidade Georgia Tech, disse que os livros didáticos são um exemplo do esforço do Partido Comunista em "apostar num culto à personalidade de um líder forte ao estilo de Mao".

"Porém, a maioria pode não levar muito a sério", completa.

O novo programa é "tanto para promover o culto a Xi, como para incutir um senso de nacionalismo", afirmou à AFP Adam Ni, pesquisador sobre a China.
TAGS: crianças | china |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Tudo pronto para o lançamento da primeira viagem espacial para turistas
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Sérvio Fidney e Ana Holanda
Grupo Diario de Pernambuco